Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Holanda: Tragédia no dia da Rainha Beatriz...(com 4 vídeos)...

- Rainha Beatriz -



Pelo menos quatro pessoas morreram esta quinta-feira depois de um carro desgovernado ter atropelado a multidão que aguardava o cortejo da família real Holandesa na localidade de Apeldoorn. O condutor, segundo as autoridades, tentou deliberadamente atingir a comitiva real, onde seguia a Rainha Beatriz e os filhos.

'Temos razões para acreditar que se tratou de um acto deliberado', declarou L. Goossens, procurador judicial, numa conferência de imprensa em Apeldoorn, a 90 km de Amesterdão.

Desta tragédia resultaram ainda 13 feridos, cinco deles em estado grave. O condutor do carro, de 38 anos, só parou a viatura depois de embater contra uma estátua. Instantes depois acabaria detido pelas autoridades e encaminhado para o Hospital, onde está a receber tratamento aos ferimentos provocados pelo choque com a multidão.

A família real, que participava nas celebrações do dia da Rainha, assistiu a tudo uma vez que viajava num autocarro panorâmico.

Apesar de descartado para já um possível atentado, as autoridades passaram o carro do indivíduo a pente fino em busca de explosivos.

Vídeo:


in CM online, 30-4-2009

Três vídeos do DN online:






Quénia: Mulheres fazem greve de sexo...


"É no mínimo insólito mas, caso resulte, talvez possa repetir-se noutros países do mundo. Um grupo de mulheres de uma organização designada G10 apelou ontem, em Nairobi, a todas as mulheres para que façam boicote ao sexo durante uma semana, como forma de chamar a atenção para as reformas constitucionais necessárias ao país. A proposta já teve o apoio da mulher do primeiro-ministro Raila Odinga, diz o jornal queniano "The Standard" ."

in Expresso online, 30-4-2009




Foi dito pelo deputado Luís Campos Ferreira...


"Sócrates e Guterres conduzem da mesma forma: não limpam o vidro da frente, não olham para o retrovisor".

Luís Campos Ferreira, deputado do PSD, "Correio da Manhã", 30-04-2009, reproduzido pelo Público online.




Paula Teixeira da Cruz: "Santana Lopes não tem o perfil de rigor para a gestão da cidade"...


"A presidente da Assembleia Municipal de Lisboa reitera que Santana Lopes não tem o perfil de "rigor" e "ascetismo" que defende para a presidência da autarquia da capital. Paula Teixeira da Cruz (PSD) reafirmou também que a coligação do PSD com o CDS-PP em Lisboa irá "acantonar" os sociais-democratas à direita."

Lusa, última hora, 30-4-2009




Dia Nacional do Associativismo...


Associativismo

A expressão associativismo designa, por um lado a prática social da criação e gestão das associações (organizações providas de autonomia e de órgãos de gestão democrática: assembleia geral, direcção, conselho fiscal) e, por outro lado, a apologia ou defesa dessa prática de associação, enquanto processo não lucrativo de livre organização de pessoas (os sócios) para a obtenção de finalidades comuns.

O associativismo, enquanto forma de organização social, caracteriza-se pelo seu carácter, normalmente, de voluntariado, por reunião de dois ou mais indivíduos usado como instrumento da satisfação das necessidades individuais humanas (nas suas mais diversas manifestações).


No Direito Internacional

A Declaração Universal dos Direitos do Homem, aprovada em 10 de Dezembro de 1948 estipula na alínea 1 do Artigo 20 que "Toda a pessoa tem direito à liberdade de reunião e de associação pacíficas.".

A Convenção Europeia dos Direitos do Homem, aprovada para ratificação, pela Lei nº 65/78, de 13 de Outubro, convenciona que "1. Qualquer pessoa tem direito à liberdade de reunião pacífica e à liberdade de associação, incluindo o direito de, com outrem, fundar e filiar-se em sindicatos para a defesa dos seus interesses." e ainda que "2. O exercício deste direito só pode ser objecto de restrições que, sendo previstas na lei, constituírem disposições necessárias, numa sociedade democrática, para a segurança nacional, a segurança pública, a defesa da ordem e a prevenção do crime, a protecção da saúde ou da moral, ou a protecção dos direitos e das liberdades de terceiros."



No Direito Português

A Constituição da República Portuguesa, aprovada em 2 de Abril de 1976, na redacção que lhe foi dada pelas Leis Constituicionais n.º 1/82, de 30 de Setembro, n.º 1/89, de 8 de Julho. N.º 1/92, de 25 de Novembro, n.º 1/97, de 20 de Setembro e n.º 1/2000, de 20 de Novembro e 1/2004 de 24 de Julho, constitui no seu artigo 46º que "1. Os cidadãos têm o direito de, livremente e sem dependência de qualquer autorização, constituir associações, desde que estas não se destinem a promover a violência e os respectivos fins não sejam contrários à lei penal."; "2. As associações prosseguem livremente os seus fins sem interferência das autoridades públicas e não podem ser dissolvidas pelo Estado ou suspensas as suas actividades senão nos casos previstos na lei e mediante decisão judicial."; "3. Ninguém pode ser obrigado a fazer parte de uma associação nem coagido por qualquer meio a permanecer nela." e "4. Não são consentidas associações armadas nem de tipo militar, militarizadas ou paramilitares, nem organizações racistas ou que perfilhem a ideologia fascista".

O Artigo 51.º da aludida constituição completa, em especial no que concerne aos partidos políticos, que "1. A liberdade de associação compreende o direito de constituir ou participar em associações e partidos políticos e de através deles concorrer democraticamente para a formação da vontade popular e a organização do poder político."

Dá ainda destaque na alinea 3. do artigo 60º, aos direitos dos consumidores, em que constitui que "As associações de consumidores e as cooperativas de consumo têm direito, nos termos da lei, ao apoio do Estado e a ser ouvidas sobre as questões que digam respeito à defesa dos consumidores, sendo-lhes reconhecida legitimidade processual para defesa dos seus associados ou de interesses colectivos ou difusos."

O Código Civil Português (CCP), aprovado pelo Decreto-Lei n.º 47334 de 25 de novembro de 1996, protege igualmente a criação de associações.




quarta-feira, 29 de abril de 2009

D. Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas, teve a coragem de "chamar os bois pelos nomes"...


"O tratamento do dinheiro foi feito não por gente honesta mas por aves de rapina, que no vocabulário português têm o nome de ladrão."

D. Januário Torgal Ferreira, durante a homilia pascal das Forças Armadas, onde depois de um duro ataque à justiça portuguesa, afirmou que a crise que estamos a viver é fundamentalmente uma "crise de ética"." Diário de Notícias, 29/04/2009, reproduzido pelo Expresso online.




"Caravela-portuguesa": Medusa mais letal do mundo ao largo da Península Ibérica...

É a mais perigosa da sua espécie e regressou às águas do Mediterrâneo, onde não era avistada há cerca de dez anos.

- "Caravela-portuguesa" (Physalia physalis) -

O Centro Oceanográfico de Los Alcázares confirmou que foram avistados nos últimos dias grupos de cerca de 50 exemplares desta espécie ao largo da costa de Murcia, em Espanha. Segundo os especialistas, a ‘caravela-portuguesa’ (Physalia physalis), cuja picada pode ser mortal, chegou às águas espanholas através do Estreito de Gibraltar, impulsionada pelas correntes de ar, e é provável que chegue até às Ilhas Baleares.

O director da Oceana (grupo internacional que zela pela protecção dos oceanos) na Europa, Xavier Pastor, disse ao El País que a presença desta espécie na costa peninsular pode significar o início de uma colonização nesta zona: “se assentassem aqui seria um problema porque são realmente muito perigosas”, sublinhou.

Ainda que sejam identificadas como medusas, as caravelas-portuguesas pertencem, na realidade, a uma outra ordem de animais aquáticos: os cnidários hidrozoários, que formam colónias flutuantes. Ao contrário das medusas, deslocam-se à superfície da água graças a uma bolsa de gás que se assemelha à vela de um barco, daí o nome por que são conhecidas.

Os seus tentáculos, que chegam a atingir os 30 metros de comprimento, podem provocar queimaduras, inchaços e mesmo paragens cardíacas em pessoas alérgicas. De acordo com os números do responsável do Centro Oceanográfico de Los Alcázares, entre 30 a 50 por cento das pessoas que entram em contacto com a caravela-portuguesa podem acabar hospitalizadas, devido a taquicardias, enjoos ou dificuldades respiratórias. Nos casos mais extremos, existe a possibilidade de ataques cardíacos.

in DN online, 29-4-2009


- "Caravela-portuguesa" (Physalia physalis) -


Foi dito pelo actor Kiefer Sutherland...


"Não entendo como é que a África do Sul tem aqueles palácios e a um quilómetro não há água nem electricidade"

Kiefer Sutherland, actor, in Correio da Manhã, 29-4-2009







Joaquim Agostinho: Queda fatal foi há 25 anos...



"Lisboa, 29 Abr (Lusa) - O melhor amigo do Homem foi o arqui-inimigo letal do super-herói do ciclismo português, Joaquim Agostinho, há 25 anos, em Quarteira, provocando a enésima mas fatal queda ao "Quim Cambalhotas".

A poucos minutos das 11:00 horas de 30 de Abril de 1984, dois cães surpreenderam Agostinho e o resto do pelotão que lançava os "sprinters" na Avenida Infante de Sagres, a 300 metros da meta da quinta etapa da 10ª Volta ao Algarve.

Com a camisola amarela, conquistada no "crono" da véspera, o corredor natural de Brejenjas, Torres Vedras, não evitou um dos animais e o grave acidente."

Lusa, 29-4-2009




Há 30 anos que leio Baptista Bastos...


"Há 30 anos que desfilam as mesmas caras, se ouvem as mesmas vozes, se lêem as mesmas frases com monótona aridez. O País é domado por um grupo sem prestígio mas com poder".

Baptista-Bastos, "Diário de Notícias", 29-04-2009, reproduzido pelo Público online.



Marvão: Homem atacado por víboras venenosas...


"As mordeduras das víboras causaram-me dores horríveis e estive dois dias em coma, perto da morte", conta José Mendes Caldeira, que esteve internado no Hospital de Portalegre vítima de um ataque de duas víboras-cornudas (vipera latastei), espécie venenosa considerada perigosa por a sua mordedura ser fatal em idosos ou em crianças em estado de debilidade física.

A vítima, de 67 anos, que atribuiu o ataque à "repovoação" da espécie na região, foi mordida dia 8 de Abril na horta, perto de casa, em Santo António das Areias, Marvão. Passado 20 dias ainda apresenta as marcas dos dentes afiados das víboras no braço direito.

"Ia apanhar um plástico no chão e senti as mordidelas das cobras que estavam a acasalar. Foi tudo muito rápido", disse. Em menos de uma hora, as dores e os suores levaram José a desmaiar. Foi levado pela nora até ao hospital de onde saiu passado uma semana.

"Sofri muito e ainda chegaram a dizer que queriam amputar-me três dedos porque não tinha reacção. Continuo em observação e amanhã [hoje] tenho nova consulta", acrescentou, consciente de que a recuperação será demorada: "Tenho pouca acção, os músculos atrofiados e já caí duas vezes."

O Hospital de Portalegre explicou que a vítima foi tratada através da "administração de soros, terapêutica antibiótica e medicação" por não haver antídoto para a mordedura da víbora-cornuda.

Armando Carvalho, director do Parque Natural da Serra de São Mamede, garante que "não há qualquer repovoamento da espécie em curso".


- víbora-cornuda (vipera latastei) -
.
.
"VENENO NÃO SE ESPREME" (Fátima Rato, Coord. do Centro de Informação Antivenenos)

Correio da Manhã – O centro tem registo de muitas vítimas de mordeduras de víboras?

Fátima Rato – Em Portugal há casos pontuais. Temos mais casos por picadas de lacrau, aranhas, centopeias e peixe-aranha.

– Como deve reagir a vítima numa situação destas?

– Tem de imobilizar o membro e aplicar gelo no local da mordedura. O veneno nunca se deve espremer nem chupar.

– Existe antídoto para a mordedura da víbora-cornuda?

– Não. Existe antídoto para outras espécies, mas a sua aplicação por vezes provoca reacções alérgicas mais difíceis de suportar do que a dor da mordedura. A pessoa deve dirigir-se ao hospital para ser examinada, medicada e vigiada. Em caso de dúvidas pode ligar para o centro através do número 808 250 143.

VÍBORA-CORNUDA:

Cor: Cinzento-azulado

Comprimento: Pode medir até 70 centímetros

Cabeça: Contorno triangular

Corpo: Relativamente grosso, cauda curta e fina (fêmeas)

Defesa: Atacam pessoas se ameaçadas

Mordedura venenosa: Pode ser fatal para idoso ou para crianças debilitadas

Sintomas mordedura: Dor aguda e inchaço

Antídoto: Inexistente

Habitat: Península Ibérica e Norte de África (bosques, matos, dunas, areais e zonas rochosas)
Alimentação: Répteis, anfíbios e invertebrados

Reprodução: Março a Maio

- víbora-cornuda (vipera latastei) -

in CM online, 29-4-2009

Diz o almanaque Borda d'Água: Dia Mundial da Dança e Dia de Santa Catarina de Sena...


- Dia 29 de Abril

- Quarta-feira

- Dia Mundial da Dança (A dança é o corpo tornado poético, Ernest Bacon)

- Dia de Santa Catarina de Sena, mística

in Borda d'Água 2009

- Santa Catarina de Sena (doutora da igreja) -
Santa Catarina nasceu em Sena, no dia 25 de Março de 1347. Na Europa, a peste negra e as guerras semeavam o pânico e a morte. A Igreja sofria por suas divisões internas e antipapas (chegaram a existir três papas, simultaneamente). Desejando seguir o caminho da perfeição, aos 15 anos Catarina ingressou na Ordem Terceira de São Domingos. Viveu um amor apaixonado e apaixonante por Deus e pelo próximo. Lutou ardorosamente pela restauração da paz política e da harmonia entre os seus concidadãos. Contribuiu para a solução da crise religiosa provocada pelos antipapas, fazendo com que Gregório XI voltasse a Roma. Embora analfabeta, ditava as suas cartas endereçadas aos papas, aos reis e líderes, como também ao povo humilde. Foi, enfim, uma mulher empenhada social e politicamente e exerceu grande influência religiosa na Igreja de seu tempo. As suas atitudes não deixaram de causar perplexidade nos seus contemporâneos. Adiantou-se séculos aos padrões de sua época, quando a participação da mulher na Igreja era quase nula ou inexistente. Deixou-nos o "Diálogo sobre a Divina Providência", uma exposição clara das suas ideias teológicas e da sua mística, o que coloca Santa Catarina de Sena entre os Doutores da Igreja. Morreu aos 33 anos de idade, no dia 29 de Abril de 1380.
.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Auschwitz: Mensagem encontrada em garrafa...



A mensagem, escrita a lápis e datada de 9 Setembro de 1944, contém a identificação de sete jovens prisioneiros da Polónia e de França.

Operários que trabalhavam perto do antigo campo de concentração de Auschwitz-Birkenau encontraram uma garrafa no interior do qual estava uma mensagem escrita por prisioneiros, informaram responsáveis do museu citados pela BBC.

A mensagem, escrita a lápis e datada de 9 Setembro de 1944, contém os nomes, os números de campo e as terras de naturalidade de sete jovens prisioneiros da Polónia e de França.

Segundo um dos responsáveis do museu, pelo menos dois daqueles jovens sobreviveram.

A garrafa foi colocada num muro de cimento de uma escola cuja estrutura os prisioneiros tinham sido forçados a consolidar.

As instalações da escola, a poucas centenas de metros do campo, foram usadas como armazéns pelos nazis, que deste modo queriam protegê-los dos ataques aéreos dos aliados.




Os autores da nota "eram jovens que tentavam deixar um sinal da sua existência", disse o porta-voz do museu, Jarek Mensfelt.

Foi já confirmada pelo museu a autenticidade da mensagem, que termina com a frase:" Todos eles têm idades entre os 18 e os 20".

Seis dos prisioneiros eram da Polónia e um de França. A nota identifica-os: Bronislaw Jankowiak, Stanislaw Dubla, Jan Jasik, Waclaw Sobczak, Karol Czekalski, Waldemar Bialobrzeski e Albert Veissid.

Dos sete, Veissid está vivo, de saúde e reside em França, como apurou a BBC, que o contactou telefonicamente.

Também Karol Czekalski e Wachaw Sobczak sobreviveram a Auschwitz mas, segundo o porta-voz do campo, não foi até agora possível determinar se ainda vivem.

Os nazis exterminaram 1,1 milhões de pessoas em Auschwitz - na sua maioria judeus, mas também polacos não judeus e ciganos, entre outros.


- Albert Veissid, sobrevivente de Auschwitz -



in JN online, 28-4-2009

Manuela Ferreira Leite: Navegadora solitária e à deriva...



«A entrevista a Mário Crespo, na SIC, ainda não tinha ido para o ar e já a líder do PSD rectificava a leitura que tinha sido feita sobre a sua abertura à hipótese de um governo de bloco central. "Como é sabido sempre recusei essa hipótese. É uma leitura abusiva das minhas palavras", disse à Lusa Manuela Ferreira Leite. Mário Crespo aceitou a rectificação, mas insistiu ao DN: "Pareceu-me que ela não excluía nenhuma das hipóteses. A ideia com que fiquei foi essa!"

Na entrevista, o jornalista relembrou à líder laranja as palavras do Presidente da República no 25 de Abril sobre a necessidade das forças políticas encontrarem soluções de governo perante o momento difícil do País. Crespo disparou a pergunta se se sentia mais confortável, numa aliança do PSD com o CDS/PP (AD) ou se num novo bloco central (com o PS). E a resposta foi: "Eu sentir-me-ia confortável com qualquer solução em que eu acredite. Em que eu acredite que a conjugação de esforços e, especialmente, a conjugação de interesses - interesses no sentido do País - são coincidentes. Se perceber que o objectivo país não é propriamente aquele que está no centro das atenções, então com dificuldade haverá um Governo que possa contribuir para a melhoria do País."

Nenhum dos notáveis do PSD, entre os quais Marcelo Rebelo de Sousa, Pedro Passos Coelho, Pedro Santana Lopes e Nuno Morais Sarmento, quiseram comentar as palavras da líder social-democrata. Todos eles confessaram ao DN não ter visto a entrevista.



E por esse motivo também não a escutaram a dizer que, caso perca as eleições europeias, não tem que consultar o partido. Neste ponto mostrou mesmo alguma irritação pela pergunta do jornalista. "Se perder, perdi-as. Não vejo outro líder consultar o partido se perder as eleições!"

Quanto ao resultado das legislativas, nas quais disse esperar uma vitória, Ferreira Leite sublinhou que "o País está a evoluir para pior", em especial o desemprego. A lógica, disse, é que as pessoas pensem que é preciso mudar. "Não viveria num País real senão houvesse uma revogação absoluta da maioria deste governo".

Sem querer falar sobre o caso Freeport - do qual reiterou a ideia de "tem que ser investigado" até ao fim -, serviu-se dele para dizer que José Sócrates não tirou a devida lição da polémica. "O caso decorre de se ter percebido que havia uma aprovação em véspera de eleições [as legislativas de 2002] de um projecto, sem grandes estudos e fundamentos e daí saem as suspeitas", explicou a líder do PSD. "Cai agora no mesmo erro, a meia dúzia de meses das eleições, de querer tomar decisões poderosíssimas". Referia-se às grandes obras públicas como o TGV e o novo aeroporto de Alcochete. "Estou absolutamente contra o TGV", afirmou Ferreira Leite, ao defender o seu líder parlamentar e cabeça de lista às europeias, Paulo Rangel, que se envolveu numa polémica com o ministro Mário Lino, ao dizer que o plano de investimentos públicos do Governo representa "o sequestro do futuro" das novas gerações. Na sua opinião, não existem condições financeiras para levar por diante qualquer dos grandes projectos de obras públicas. Podemos, frisou, "comprometer o futuro definitivamente. Senão entrarmos num crescimento dentro dos próximos 5/6 anos Portugal pode ficar irremediavelmente pobre". Ferreira Leite voltou a defender a aposta no apoio às pequenas e médias empresas, ao invés dos "interesses dos grandes grupos económicos". Crespo quis ainda levá-la a pronunciar-se sobre a permanência de Dias Loureiro no Conselho de Estado. Mas sobre o "camarada de partido" não quis falar. »

in DN online, 28-4-2009





Petróleo cadente não mata a gente...


Cartoon de Rodrigo in Expresso online, 28-4-2009

"Ajudar a Marta": Seis mil dadores de medula numa semana...


Menina de quatro anos tem leucemia e precisa de um transplante. A família lançou uma campanha no Facebook e o elevado número de respostas levou o banco nacional a pedir ajuda a enfermeiros exteriores para recolher amostras.
A campanha para encontrar um dador de medula para Marta, a menina de quatro anos que tem leucemia, provocou um aumento de mais de seis mil dadores em apenas uma semana. De acordo com fonte do Registo Português de Medula Óssea (CEDACE), o número de possíveis dadores aumenta ao ritmo de "100 ou 120 por dia".

Marta soube que tinha leucemia em Fevereiro, já fez três ciclos de tratamento e procura agora um dador, já que ninguém da família é compatível. O transplante é a sua última esperança, daí que a família tenha criado uma página na rede social online Facebook para apelar a possíveis dadores.

A mensagem foi eficaz e só no sábado foram mais de 1300 as pessoas que se juntaram na escola da Marta para fazerem os testes de compatibilidade. Apesar da grande adesão, o laboratório do CEDACE ainda não conseguiu determinar se existe um possível dador, devido ao volume de amostras a analisar.

Susana Mendonça, do Registo, explica que "ainda temos de trabalhar as amostras dos últimos dias". Por enquanto, o CEDACE continua a receber pedidos de empresas particulares para fazerem recolhas. "Já tenho 20 brigadas para agendar e só desde as 08.00", contou ao final da manhã fonte da instituição.

Susana Mendonça assegura que o Registo está a conseguir dar resposta a todas as solicitações. "Estamos a adaptar as equipas para ter gente em todas as empresas que nos pediram uma brigada de recolha", justifica.

Uma das adaptações em curso é a formação de enfermeiros voluntários para participar nas brigadas, segundo disse ao DN Maria João Dray, tia de Marta. "O mês de Maio está já preenchido de recolhas fora do centro", confirma Maria João. O que só é possível graças ao trabalho do CEDACE e à vontade dos voluntários, realça.

"Tem sido fantástico o esforço que os profissionais do centro de recolha têm feito ao trabalhar aos fins-de-semana e feriados. Têm sido incansáveis no apoio à Marta", elogia a tia da menina, que também não esquece os milhares de dadores que acorreram quer ao Registo quer às brigadas de rua. Uma atitude que classifica de "comovente e emocionante".

Maria João Dray recorda as mais de 1300 pessoas que no sábado estiveram no Botãozinho, escola frequentada pela menina a quem foi diagnosticada leucemia em Fevereiro. "Foi emocionante ver as pessoas que se deslocaram no sábado convictas de que poderiam ajudar e não desmobilizaram, apesar das longas filas e da chuva", lembra.

Mas o objectivo desta campanha não é apenas ajudar a encontrar um dador para a Marta. A tia da menina sublinha que pretendem "apelar à recolha e desmistificar a ideia do que é dar medula e ao mesmo tempo não dramatizar a situação da Marta".

Por considerar que os portugueses ainda têm medo de dar medula, Maria João frisa que esta onda de divulgação serve para lembrar que basta dar uma pequena amostra de sangue. "Quero que as pessoas pensem: Será que o comodismo e o medo valem uma vida", questiona.

Hoje, a equipa de recolhas vai estar no Oceanário e esta semana vai passar ainda pelos colégios S. Tomás e S. João de Brito, além de algumas empresas privadas.
.
in JN online, 28-4-2009

Foi dito por Mário Soares...



"É aí que estamos. Com a União Europeia desprovida de líderes e a reagir muito pouco e mal, na esperança de que tudo fique na mesma. Impossível! A crise global está instalada, entre nós, e para ficar, por algum tempo mais. Que fazer?"

Mário Soares, "Diário de Notícias", 28-04-2009, reproduzido pelo Público online.




segunda-feira, 27 de abril de 2009

Príncipe Carlos: "restam 99 meses para poder salvar o mundo"...


«Príncipe Carlos de Inglaterra adverte que restam 99 meses de luta contra as alterações climáticas antes de se "alcançar o ponto de não retorno". »

Lusa, última hora, 27-4-2009



Foi dito por Mário Crespo...



"O Estado está a ser capturado por uma filosofia ditatorial disfarçada de respeito pelas liberdades essenciais".

Mário Crespo, "Jornal de Notícias", 27-04-2009, reproduzido pelo Público online.




Salazar é agora visto como um político exemplar...

...na Rússia!


Russos acham que Salazar é um exemplo.

Ditador português era visto na época da ex-União Soviética como um opressor.

Na época soviética um símbolo da opressão fascista, comparado a Franco, Hitler ou Mussolini, o ditador português Oliveira Salazar é agora visto na Rússia como um político exemplar para os actuais dirigentes do país.

Em 1950, Salazar "teve a honra" de figurar numa canção de protesto contra o imperialismo norte- -americano, com música do grande compositor Serguei Prokofiev.

Num cartaz soviético podia-se ver um mapa de Portugal com pessoas pequenas martirizadas por um falcão com um rosto humano tenebroso. (...) A figura de Salazar voltou a ser abordada quando Putin entregou o cargo de Presidente russo a Dmitri Medvedev (2008) e alguns viram nisso uma tentativa da transformação do primeiro em "pai da nação".

in DN online, 27-4-2009



domingo, 26 de abril de 2009

O melhor amigo do homem...


O cabaret da coxa...

...do Moniz.


"Moniz perdeu a tramontana. Na última quarta-feira veio à antena da TVI lançar o mais violento e inusitado ataque ao primeiro-ministro de Portugal, sugerindo nas entrelinhas o seu envolvimento no caso Freeport, como faz, de resto, com frequência, o ‘Jornal Nacional de Sexta-feira’.

Poderia ter defendido a sua ‘equipa’ sem fazer insinuações torpes e soezes sobre uma pessoa que até prova em tribunal (nem sequer há acusação formulada) é inocente. Mas não. Moniz, do alto da sua arrogância, preferiu utilizar a estação que dirige, num puro acto de excesso de legítima defesa, comunicando aos portugueses que 'com ele ninguém brinca'.

Moniz talvez percebesse melhor esta questão se algum dia começasse a circular uma onda de boatos, como já aconteceu, a respeito das suas ligações a Joaquim Oliveira e de uma eventual utilização da RTP, para fins comerciais ilícitos, o que, todos sabemos, é uma grande mentira. E se essa onda se agigantasse e aparecessem nos jornais, repetidamente, coisas inadmissíveis a respeito na sua honorabilidade como director-geral da estação pública e como cidadão, que não sendo verdadeiras, o ferissem como se fosse, aí, talvez Moniz compreendesse melhor princípios como a presunção da inocência, a importância da honra dos cidadãos, a necessidade indiscutível de o jornalismo não ser usado como campanha ‘ad hominem’ nem espaço de promoção de julgamentos na praça pública...

É intolerável que o director-geral de uma estação, 'último responsável pela informação', faça, ele próprio, considerações insidiosas sobre um primeiro-ministro, queixando-se, a seguir, de que 'querem condicionar o exercício do jornalismo'. Será que Moniz não vê o ‘Jornal Nacional de Sexta-feira’? Pode eventualmente haver o desejo de condicionar o livre exercício do jornalismo, mas se há, ironia das ironias, isso só pode ser propósito de um colaborador da TVI, o ministro Augusto Santos Silva. Mas que fique bem claro, o referido é um espaço onde, por regra, se desrespeitam os códigos profissionais do jornalismo: há um desprezo sistemático pelo exercício do contraditório, há ‘notícias plantadas’ que são infâmias embrulhadas como factos provados. Aquele espaço, em muitas circunstâncias, faz mais lembrar ‘O Cabaret da Coxa’, tantos são os atropelos jornalísticas que nele se praticam, ao tentar impor um modelo sensacionalista, tendencioso e de mau gosto."

Emídio Rangel, CM online, 25-4-2009




sábado, 25 de abril de 2009

Foi dito por Paulo Baldaia, director da TSF...


"Há uma Justiça para ricos e outra para pobres, uma Justiça para famosos e outra para anónimos, como há Saúde e Educação diferentes para ricos e pobres. Cumprir Abril é uma questão de justiça. Já não podemos esperar mais 35 anos".

Paulo Baldaia, director da TSF, "Jornal de Notícias", 25-04-2009, reproduzido pelo Público online.




Foi dito por Vasco Lourenço...


"A democracia está doente"

Vasco Lourenço, militar do Movimento das Forças Armadas, sobre a crise. Público 25/04/09, reproduzido pelo Expresso online.



Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.