Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Primeiro lugar! E o seu?



Top dos Signos com mais mau feitio:


1º Touro
2º Escorpião
3º Caranguejo
4º Peixes
5º Leão
6º Carneiro
7º Capricórnio
8º Virgem
9º Balança
10º Gémeos
11º Sagitário
12º Aquário



Top in Facebook de um amigo

A sede que se deseja






Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus barcos...

Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca... o eco dos teus passos...
O teu riso de fonte... os teus abraços...
Os teus beijos... a tua mão na minha...

Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri

E é como um cravo ao sol a minha boca...
Quando os olhos se me cerram de desejo...
E os meus braços se estendem para ti...



Florbela Espanca



Imagem in Google
Título do post baseado no slogan dos anos 60 do poeta José Carlos Ary dos Santos: "Cerveja Sagres, a sede que se deseja".

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Bem prega frei Luís Marques Mendes…


«Fisco apanha Marques Mendes em venda ilegal de ações»


- Marques Mendes e Joaquim Coimbra -


«O Fisco detetou vendas ilegais de ações da Isohidra feitas por Marques Mendes e Joaquim Coimbra, em 2010 e 2011, e que terão lesado o Estado em 773 mil euros. As ações foram vendidas por 51 mil euros, mas valiam 60 vezes mais: 3,09 milhões.

Estas contas são de uma ação inspetiva sobre a Isohidra - Sistemas de Energia Renovável, Lda. que a Autoridade Tributária (AT) concluiu há menos de dois meses. Em relatório final, a Direção de Finanças de Viseu impõe duas correções, em montante de 3,09 milhões de euros, à matéria coletável declarada pela Isohidra nos exercícios de 2010 e 2011. E avisa a empresa, sediada em Tondela, que terá de pagar imposto sobre aquele montante. A taxa de IRC, naqueles anos, era de 25%.»


Fonte: JN online, 20-01-2013

Eurodeputado Nuno Melo (CDS-PP) leva uma grande coça do senhor José Latoeiro (Santarém) em directo na SIC Notícias







Vídeo in YouTube

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Muito se tem falado sobre a emigração temporária dos nossos jovens


Pouco (ou nada) se fala desta terrível e permanente "emigração" dos nossos filhos:


«Duzentos e sessenta e um jovens, entre os 18 e os 24 anos, morreram em acidentes de viação, em Portugal Continental, no período de 2010 a 2012, disse a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.»


Lusa, 16-01-2014

domingo, 12 de janeiro de 2014

Uma em cada cinco mulheres gosta mais do Facebook do que de sexo






«De acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos por uma revista feminina, uma em cada cinco [mulheres] gosta mais do Facebook do que de sexo.

 As inquiridas admitem que preferem atualizar a página, postar vídeos e ver o que os amigos andam a fazer, em vez de fazer amor.»


Fonte: Revista 21

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Sei os teus seios



Sei os teus seios.
Sei-os de cor.
Para a frente, para cima,
Despontam, alegres, os teus seios.
Vitoriosos já,
Mas não ainda triunfais.
Quem comparou os seios que são teus
(Banal imagem) a colinas!
Com donaire avançam os teus seios,
Ó minha embarcação!
Porque não há
Padarias que em vez de pão nos dêem seios
Logo p'la manhã?
Quantas vezes
Interrogastes, ao espelho, os seios?
Tão tolos os teus seios! Toda a noite
Com inveja um do outro, toda a santa
Noite!
Quantos seios ficaram por amar?
Seios pasmados, seios lorpas, seios
Como barrigas de glutões!
Seios decrépitos e no entanto belos

Como o que já viveu e fez viver!
Seios inacessíveis e tão altos
Como um orgulho que há-de rebentar
Em deseperadas, quarentonas lágrimas...
Seios fortes como os da Liberdade
-Delacroix-guiando o Povo.
Seios que vão à escola p'ra de lá saírem
Direitinhos p'ra casa...
Seios que deram o bom leite da vida
A vorazes filhos alheios!
Diz-se rijo dum seio que, vencido,
Acaba por vencer...
O amor excessivo dum poeta:
"E hei-de mandar fazer um almanaque
da pele encadernado do teu seio"
Retirar-me para uns seios que me esperam
Há tantos anos, fielmente, na província!
Arrulho de pequenos seios
No peitoril de uma janela
Aberta sobre a vida.
Botas, botirrafas
Pisando tudo, até os seios
Em que o amor se exalta e robustece!
Seios adivinhados, entrevistos,
Jamais possuídos, sempre desejados!
"Oculta, pois, oculta esses objectos
Altares onde fazem sacrifícios
Quantos os vêem com olhos indiscretos"
Raimundo Lúlio, a mulher casada
Que cortejastes, que perseguistes
Até entrares, a cavalo, p'la igreja
Onde fora rezar,
Mudou-te a vida quando te mostrou
("É isto que amas?")
De repente a podridão do seio.
Raparigas dos limões a oferecerem
Fruta mais atrevida: inesperados seios...
Uma roda de velhos seios despeitados,
Rabujando,
A pretexto de chá...
Engolfo-me num seio até perder
Memória de quem sou...
Quantos seios devorou a guerra, quantos,
Depressa ou devagar, roubou à vida,
À alegria, ao amor e às gulosas
Bocas dos miúdos!

Pouso a cabeça no teu seio
E nenhum desejo me estremece a carne.

Vejo os teus seios, absortos
Sobre um pequeno ser




Alexandre O'Neill








Imagem in Google

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Eusébio, 52 anos depois, cumpriu-se a profecia



Eusébio da Silva Ferreira saiu de Lourenço Marques em 1961 com destino ao Lumiar.

Chegou lá hoje pelas 18 horas.

Paz à sua alma.





Eusébio com a camisola do Sporting Clube de Lourenço Marques.
Clube que o tirou das ruas, reza a história.
Um bando de racistas existente na altura em Moçambique, disse recentemente o nosso humilde e grato 'Pantera Negra'.




Imagem in Google

domingo, 5 de janeiro de 2014

Amália e Eusébio partiram; resta-nos Fátima






Foto de Zorate

Morreu Nelson Ned, "o pequeno gigante da canção"



O cantor brasileiro Nelson Ned, de 66 anos, intérprete de êxitos como "Tudo Passará" ou "Domingo à tarde", faleceu, este domingo, de manhã num hospital em S. Paulo, anunciou a imprensa local.

Segundo o jornal Globo, o cantor morreu no Hospital Regional de Cotia, em São Paulo, onde estava internado desde sábado com pneumonia, vítima de um "choque séptico, sepse, broncopneumonia e acidente vascular cerebral".

Em 2003 o cantor sofreu um acidente vascular cerebral e desde então tinha problemas de locomoção e cognitivos, estando afastado dos palcos há cerca de sete anos.







O "pequeno gigante da canção" como a ele se referiu o ator Paulo Gracindo, epíteto que passou a ser usado pela imprensa pelo facto de medir 1,12 metros, gravou 32 discos em português e espanhol, dos quais vendeu 45 milhões de cópias em todo o mundo, tendo atuado com êxito não só no Brasil como em vários países da América Latina, nomeadamente no México, e também em Portugal, Espanha, Angola e Moçambique.

O intérprete de "Domingo à tarde" esgotou por três vezes o Carnegie Hall, em Nova Iorque. Nelson Ned foi o primeiro latino-americano a vender um milhão de discos nos Estados Unidos, onde atuou no Madison Square Garden, na mesma cidade ao lado de Julio Iglesias e Tony Benett.







A partir da década de 1990 converteu-se à Igreja Evangélica e, desde então, gravou músicas gospel e outras de cariz religioso.

Sobre o cantor, o jornalista Paulo César de Araújo afirmou que era "muito astuto", tinha "raciocínio rápido e visão crítica e lúcida com relação ao contexto da música".

"No Brasil, Nelson Ned sempre fez muito sucesso entre as camadas mais populares, mas não há dúvidas de que seu reconhecimento e prestígio foram muito maiores no estrangeiro".

Segundo o jornalista, o escritor colombiano Gabriel García Márquez, Prémio Nobel da Literatura, era um dos seus admiradores.

Fora do Brasil, realçou o jornalista, "Nelson Ned conquistava tanto o povão como as elites culturais", referindo-o como um "valor cultural imenso" e "um dos principais artistas" da música brasileira.

Nelson Ned nascceu em 1947 em Ubá, no Estado de Minas Gerais, e aos 17 foi para o Rio de Janeiro, onde trabalhou numa fábrica de chocolates. Posteriormente, ainda menor, começou a cantar em clubes noturnos paulistas e cariocas, destes palcos saltou para a televisão através do popular programa do Chacrinha, que ele considera o "pai de sua carreira artística", e foi na televisão que conquistou espaço e sucesso com "Tudo passará". Uma história que conta na sua biografia "O pequeno gigante da canção", editada em 1996.

Do repertório, eminentemente romântico, do cantor, constam, entre outras canções, "Receba as flores que lhe dou", "Eu também sou sentimental", "Se as flores pudessem falar", "Ninguém, te irá amar mais do que eu", "El niño triste", "Daria tudo para você estar aqui", "O Deus do impossível", entre outras.

O funeral do cantor, segundo o jornal Globo, realiza-se hoje para o cemitério Horto da Paz, em Itapererica da Serra, onde se efetua a cerimónia de cremação.

Nelson Ned foi casado duas vezes, e teve três filhos do segundo matrimónio.



Fonte: JN online, 05-01-2014

Como separar a gema da clara de um ovo






Vídeo in YouTube

Marques Mendes: “O governo julga que pode fazer tudo, porque Seguro é fraco”




Detalhes in i online, 04-01-2014


Há 20 anos Paulo de Carvalho e Goucha lançaram Passos Coelho para primeiro-ministro de Portugal



video



quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Passagem para o ano 2014 no Funchal - Madeira



video




Manuel Seabra foi hoje chamado a prestar contas







Bem sei que estas minhas palavras não são politicamente correctas.

Alguns até as acharão de muito mau gosto.

Mas... 

Quando hoje tomei conhecimento do desaparecimento de Manuel Seabra, veio-me à memória que ele foi um dos responsáveis pela trágica morte de Sousa Franco na lota de Matosinhos.

A nossa memória colectiva não pode nem deve ser apagada.

Mesmo no dia em que "todos" dirão o melhor do mundo sobre Manuel Seabra.

Pessoa da qual nunca tive pessoalmente nenhuma razão de queixa.

Paz à sua alma.

PS: Escreveria este mesmo texto se o desaparecido fosse o outro responsável, também na foto.





Imagem in Google

Salto Feliz para todos!






Imagem recebida por e-mail

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 58 anos.