Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

domingo, 30 de novembro de 2008

Presidente da Câmara de Vizela (PS), não quer trânsito na sua rua...


"O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga anulou a deliberação tomada pela Câmara de Vizela que proibiu o trânsito na rua que serve a casa do presidente. Francisco Ferreira já anunciou que vai recorrer da sentença.


A deliberação foi tomada na sessão ordinária de 13 de Dezembro de 2006 e passou a proibir ao trânsito, excepto moradores e proprietários de terrenos, a circulação no arruamento que faz a ligação entre a ruela da Ribeira e a rua da Boca. Antes disso, aquele arruamento que serve quase em exclusivo a casa onde mora o presidente da Câmara, tinha sido beneficiado com um investimento de cerca de seis mil euros, no entendimento de que a rua, em terra batida, era utilizada por muitas pessoas e não apresentava as mínimas condições.


Porém, após as obras, a Câmara aprovou, apenas com os votos da maioria PS, incluindo o do presidente, Francisco Ferreira, uma proposta de sinalização da rua proibindo o trânsito, exceptuando moradores e proprietários de terrenos. A decisão suscitou grande polémica, com o vereador Miguel Lopes, da coligação "Por Vizela", formada por PSD e CDS/PP, a acusar o edil de "tornar um caminho público em caminho privado, gastando dinheiro da Câmara numa obra que não é prioritária e que serve apenas os interesses do presidente". Para o Edil, a polémica era sinónimo de "mesquinhice". A indignação levou um cidadão de Vizela, Vitor Cunha, a apresentar queixa, tendo visto o Tribunal Administrativo e Fiscal (TAF) de Braga anular a polémica deliberação.


Antecipando uma decisão possível do Tribunal da Relação, Francisco Ferreira garante, desde já, que "se for confirmada a decisão do TAF, a mesma proposta vai, de novo, a reunião de Câmara e eu não voto, e resolve-se o problema".


O autarca não vê razão para o impedimento em participar na votação, rejeitando ser parte interessada na matéria. "Não tiro dali nenhum proveito", reiterou, justificando que as obras ali realizadas não se adequavam ao trânsito automóvel e pretendiam servir a população que usa aquele caminho, antes enlameado e irregular. Além disso, recordou, a proposta encontrava-se sustentada em pedidos das Juntas de Freguesia de S. João e de Santa Eulália, que partilham a tutela do território abrangido pela rua, ambas de maioria PS."


in JN online, 30-11-2008

.
Nota: 34 anos depois, ainda há quem tenha "tiques" do Estado Novo...mais grave: moram no Partido Socialista...

.

Este ano, o Circo chegou mais cedo ao Campo Pequeno...


"Odete Santos ‘superstar’ sonha com o fim do capitalismo

Foi um discurso à parte no Congresso. Odete foi mais longa e mais aplaudida que todos os que a precederam. A intervenção cheia de citações literárias e em estilo teatral terminou com um desejo: ver o dia do fim do capitalismo."

in SOL online, 30-11-2008




Caro António José Ganhão, também quero um Serviço de Urgência Básica, na minha rua...


"O presidente da Câmara de Benavente, António José Ganhão, contesta a transferência, no final do primeiro semestre de 2009, do Serviço de Urgência Básica para Coruche. "Quem decidiu fazer esta mudança revela que não conhece os concelhos de Benavente e de Coruche e não percebe nada de saúde", afirmou à Lusa.
"As mais de 50 mil pessoas que vivem no eixo urbano Salvaterra de Magos-Benavente-Samora Correia-Porto Alto, merecem ter conhecimento detalhado das implicações que esta mudança vai provocar", diz o autarca, que vai solicitar uma audiência à ministra da Saúde, "já que o presidente da Administração Regional de Saúde se recusa a agendar uma reunião". A assessoria de Imprensa deste organismo garantiu que Ganhão será em breve recebido. "
.
in JN online, 30-11-2008
.
.
Nota:
Caro António José Ganhão,

Sei que é um autarca dedicado a Benavente e às suas gentes, mas não precisa de utilizar a falácia para "levar a água ao seu moinho"...Eu vivo no concelho de Salvaterra e, ficarei a 12 km do novo Serviço de Urgência Básica de Coruche, em vez dos cerca de 25 km, que actualmente tenho que percorrer até Benavente...percebo a sua reivindicação, mas faça-a em nome do povo de Benavente, e não em nome de quem (o meu caso), não lhe ficará agradecido se o Serviço continuar em Benavente...o melhor mesmo, era haver um Serviço de Urgência à porta de casa de cada um...olhe, quando estiver com a senhora ministra, faça-me um favor: diga-lhe se há possibilidades de ela mandar abrir um Serviço de Urgência Básica, na minha rua....

Cumprimentos

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Quando é que os pais e profissionais com 'P' grande, fazem uma "manif" a pedir a demissão destes MARIOnetas de cordel do Coronel?


" Fenprof pede demissão da ministra após reunião tensa no Ministério

Não houve acordo entre a Fenprof e o Ministério de Educação sobre o modelo simplificado de avaliação dos professores. À saída da reunião com Maria de Lurdes Rodrigues, Mário Nogueira pediu abertamente a demissão da ministra e apelou a "todos os professores com 'P' grande para aderirem à greve geral marcada para a próxima quarta-feira". "

in JN online, 28-11-2008

PCP: Tudo na mesma como a lesma...


"Jerónimo de Sousa já assumiu a vontade de continuar à frente do Partido Comunista por mais quatro anos e será reconduzido no congresso que amanhã se inicia em Lisboa."


in Expresso online, 28-11-2008

Vale e Azevedo em risco de apanhar 23 anos...


"Vale e Azevedo vai procurar evitar a todo o custo a extradição para Portugal, ontem decidida por um tribunal inglês. O ex-presidente do Benfica ainda pode recorrer duas vezes. No pior cenário terá que cumprir 23 anos de cadeia.

Há cinco meses que era discutida em Londres a eventual extradição para Portugal, na sequência da emissão de um mandado de detenção internacional para cumprir pena de sete anos e seis meses de prisão, após o trânsito em julgado do caso Dantas da Cunha.

Ontem, o juiz Nicholas Evans rejeitou os argumentos da defesa e validou o primeiro mandado de captura emitido pelo juiz Renato Barroso há seis meses. Vale contestava (e contesta) sobretudo o facto de não ter sido feito o cúmulo jurídico daquela pena com outras condenações já transitadas em julgado. E que, assim, não deveria ser sujeito ao vexame da detenção, pois, na opinião dos seus advogados, já cumpriu tempo suficiente de pena, contando com as punições dos processos Ovchinikov e Euroárea.

No seu veredicto, o magistrado inglês defendeu, no entanto, que este "não é motivo suficiente para que o mandado europeu de captura seja anulado". "O tribunal tem de olhar para o mandado para ver se se refere a uma condenação, se é final e se é exequível e a resposta é sim", afirmou Nicholas Evans.

"Vale e Azevedo mostrou-se preocupado com o facto de puder ser colocado sob detenção durante a realização do cúmulo e cumprir mais tempo do que o necessário. O dr. Azevedo é um homem com muitos recursos e bons advogados. E eu não não partilho dessa preocupação. Parece-me irrealista", disse o juiz, que anulou o segundo mandado enviado em Outubro pelas autoridades portugueses e que, além do caso Dantas da Cunha, referia também um caso de burla a corticeiros.

O ex-presidente do Benfica insiste que as autoridades portuguesas se precipitaram ao pedirem a entrega antes do cúmulo jurídico final. "Vale e Azevedo quer que seja feito um cúmulo, como é em muitos casos feito em Portugal, sem que seja requisitada a presença do arguido. Temos dito isto desde o início, façam o cúmulo jurídico e nós colaboramos inteiramente com a justiça portuguesa", argumentou o advogado inglês Edward Perrott.

De acordo com a lei inglesa, Vale e Azevedo tem agora sete dias para recorrer da decisão. Caso não o faça, as autoridades inglesas têm, a partir do oitavo dia, dez dias para finalizar a entrega. O português já adiantou, no entanto, que irá apresentar o primeiro de dois recursos possíveis e que irá levar este caso até à última instância.

Por lei, o recurso deve ser analisado num prazo de 40 dias mas este é um prazo que raramente é cumprido, sendo provável que Vale apenas tenha audiência em Fevereiro de 2009. O ex-dirigente, que continua com passaporte apreendido, terá de pagar, em sete dias, as custas judiciais da procuradoria da Rainha de Inglaterra - 7200 euros.

Ex-dirigente arrisca entre seis e 23 anos atrás das grades
Juiz exige detenção
O juiz Renato Barroso, do Tribunal da Boa Hora, Lisboa, recusou efectuar o cúmulo jurídico das penas sem que Vale e Azevedo seja detido. Mas adiantou que o cúmulo irá oscilar entre seis e 18 anos de prisão, somando os casos Dantas da Cunha, Euroárea e Ovchinikov.

Caso corticeiros concluído
O juiz emitiu um segundo mandado que inclui a condenação por burla a corticeiros (cinco anos de prisão), o que pode elevar o limite máximo da moldura penal até 23 anos. Ontem, porém, o juiz inglês julgou desnecessário apreciar o segundo mandado, analisando apenas o primeiro.

Divergências sobre pena
As divergências com a justiça portuguesa resumem-se assim: Vale diz que já cumpriu seis anos de prisão e que não terá de cumprir qualquer tempo de cadeia. Julga desnecessário, portanto, estar detido até ser decidido o cúmulo; porém, o juiz contrapõe que o arguido apenas cumpriu três anos e meio de prisão, já que o restante período esteve em liberdade condicional.

Em Fevereiro no tribunal
Vale e Azevedo tem para Fevereiro do próximo ano marcado o julgamento em que é acusado de crimes de peculato e falsificação na transferência de jogadores do Benfica. Há ainda mais quatro processos sob investigação da PJ."
in JN online, 28-11-2008

Tribunal de Londres decretou extradição de Vale e Azevedo...


"Um tribunal de Londres decretou na tarde de quinta-feira a extradição para Portugal do antigo presidente do Benfica, João Vale e Azevedo. No final de uma audiência de quase 90 minutos no Tribunal de Westminster, no centro da capital britânica, o juiz Nicholas Evans considerou que a argumentação apresentada por Vale e Azevedo "não tem qualquer fundamento" e ordenou a extradição.

Os advogados de Vale e Azevedo anunciaram, entretanto, que nos próximos sete dias irão apresentar recurso junto do Supremo Tribunal (High Court of Justice). A decisão deste tribunal superior deverá ser conhecida em Fevereiro de 2009 e será, em princípio, definitiva e final.

As autoridades judiciárias portuguesas emitiram um primeiro mandado de detenção europeu em Junho passado, poucas semanas após o trânsito em julgado da sentença - que condenou Vale e Azevedo a sete anos e meio de prisão - no chamado 'processo Dantas da Cunha'.

Nos últimos meses, a equipa de advogados do ex-presidente do Benfica defendeu que a extradição não deveria ter lugar antes de os tribunais portugueses procederem ao cálculo do cúmulo jurídico que atenderá às condenações anteriores e determinará, com precisão, a pena de prisão.

O juiz Evans, no entanto, não aceitou a argumentação. "Quando o dr. Azevedo regressar a Portugal, ele não saberá ao certo quanto tempo terá de passar na prisão. Isso será determinado pelo sistema judiciário português. Mas esse facto por si não é suficiente para se opor à sentença e à extradição. O juiz português quer que o dr. Azevedo regresse a Portugal, não cabe ao dr. Azevedo ditar as condições e afirmar que a sua presença não é necessária", disse o magistrado.
"Não partilho das preocupações" de Vale e Azevedo, diz o juiz
"O que este tribunal [de Londres] tem de fazer é analisar o mandado de detenção europeu e estabelecer se estamos perante um mandado válido e uma sentença final e com força executiva. E a resposta é afirmativa", acrescentou Nicholas Evans.

O juiz considera como "irrelevante" o depoimento apresentado na audiência anterior pela jurista portuguesa Susana Pires, que testemunhou a favor do antigo presidente do Benfica. E tem como "irrealista" o receio de Vale e Azevedo "passar muito tempo na prisão" enquanto é feito o cálculo do cúmulo jurídico: "O dr. Azevedo é um homem com muitos meios, tem acesso a bons advogados e não partilho das preocupações dele", concluiu.

No final da sessão, o juiz pediu a Vale e Azevedo para se levantar e comunicou-lhe a decisão de extradição. Vale e Azevedo foi igualmente condenado a pagar seis mil libras (7125 euros) de custas judiciais.

O ex-presidente do Benfica, que não esteve acompanhado por qualquer familiar ou amigo, recusou-se a comentar a decisão. "Gostaria de dar a minha opinião - quem me conhece sabe que eu gosto de falar -, mas os meus advogados proibiram-me de fazer qualquer comentário", explicou Vale e Azevedo ao Expresso.

A decisão do Tribunal de Westminster não terá colhido de surpresa a numerosa equipa de defesa - chefiada pelos advogados Owen Davies e Edward Perrott - contratada pelo português. Poucos segundos após a leitura da sentença, eles distribuíram um comunicado impresso lamentando a decisão do tribunal e confirmando o recurso a apresentar ao Supremo Tribunal. "
in Expresso online, 28-11-2008

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Depois da Selecção e Sporting, hoje foi a vez do Benfica perder em jogo de Hóquei em Patins...



Olympiakos 5 - Benfica 1



Digam aquilo que disserem, Cavaco contou com dinheiro SUJO na sua eleição...


"Quem se interessa pela recessão em que o país vai entrar, quando estão em causa as "ligações" do Presidente ao BPN?"
Constança Cunha e Sá, em artigo de opinião no Público online, 27-11-2008
.
.
Nota do editor deste blog: Confesso que, no Domingo passado, não percebi bem a razão de ser da Nota Informativa difundida por Belém...agora já percebi...
.
.

ERC diz que transmissão do Olimpiakos-Benfica no novo canal desportivo da Zon TV Cabo é legal...


"Lisboa, 27 Nov (Lusa) - A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) deliberou quarta-feira que a decisão da Zon TV Cabo de transmitir o jogo Olimpiakos-Benfica num novo canal desportivo designado como SCN está em conformidade com o quadro legal vigente.

Em comunicado, o Concelho Regulador da ERC explicou que o SNC tem autorização da entidade desde Junho de 2008, "encontrando-se, assim, habilitado para o exercício da actividade de televisão".

"O Conselho Regulador deliberou, assim, que a anunciada transmissão do jogo de futebol entre o Olympiakos e o Benfica, no próximo dia 27 de Novembro [hoje], no serviço de programas scn - sportcanal, constante da oferta dos serviços de televisão de cabo e de satélite da ZON TV Cabo, não se encontra em desconformidade com o quadro legal aplicável", explica a ERC em comunicado.

A ERC explicou ainda que a sua intervenção foi "iniciada com a queixa apresentada pelo Benfica TV, a que se juntaram posteriormente as reclamações da TVI e a Cabovisão".

A Zon TV Cabo decidiu transmitir o jogo Olimpiakos-Benfica num novo canal desportivo designado como SCN, com a transmissão do jogo anunciada para as 19:45 de hoje no site do SCN, referindo tratar-se de uma "primeira emissão experimental" no canal desportivo.

O SCN já existe como portal de desporto desde meados de Março e tem autorização do regulador para emitir enquanto canal de desporto.

Segundo anuncia no seu sítio, o SCN transmite no canal 29 na grelha digital da Zon, e nos canais 47 do cabo e 39 da FTTH, da TV Tel."
in JN online, 27-11-2008

Piloto "fez cavalo" ao aterrar avião...

"Um piloto fez "um cavalo" com o avião ao aterrar de emergência no aeroporto de Van Nuys. Com o trem de aterragem dianteiro partido e o nariz do Cessna parcialmente destruído, o piloto manteve o bimotor empinado enquanto reduzia a velocidade, para não incendiar no momento em que a fuselagem tocasse a pista.

O Cessna, com dois ocupantes, deu várias voltas ao aeroporto, tentando perceber qual o problema com o trem de aterragem. Quando se concluiu que não havia possibilidades de aterrar normalmente, o piloto iniciou procedimentos de emergência.

Segundo relata a KABC, estação televisiva que emitiu o directo, o piloto livrou-se da maioria do combustível e planou nos últimos metros sobre a pista. Com os motores desligados e com pouco combustível no casco, reduziu os riscos de incêndio quando o nariz tocou o chão, fazendo o que, na gíria, é conhecido por "uma égua", depois de se ter tocado o chão fazendo "um cavalo".

O aeroporto, diz a KABC, tinha tudo preparado para uma aterragem de emergência. Pouco mais de um minuto depois de o avião se imobilizar, bem no centro da pista, passageiro e piloto deixaram o Cessna, aliviados e sorridentes, antes de serem abordados por um dos bombeiros."

Vejo o vídeo:



in JN online, 27-11-2008

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Leõezinhos imP(o)ULGAdos 2 - BARCELONA 5...


PSD, amigos, favores e os donativos do BPN para a campanha de Cavaco e Soares...



"Quanto mais os portugueses precisariam que [o PSD] se assumisse como partido de fractura, este apresenta-se como o 'partido da factura'. Negociando votos em troca de favores a amigos."

Paulo Morais, "Jornal de Notícias", 26-11-2008, reproduzido pelo Público online.
------------
"José Oliveira e Costa, o presidente do Banco Português de Negócios agora em prisão preventiva e indiciado por burla, branqueamento de capitais e fraude fiscal, doou a título pessoal 15 mil euros para a campanha presidencial de Cavaco Silva, noticia hoje o jornal "24 Horas"."

in Público online, 26-11-2008
------------
Nota: Segundo a SIC Notícias, também foi parar "algum" ao "saco" da campanha de Soares...
.
.

Foi dito por José Sá Fernandes, mas...para Luís Fazenda só existe um PS, o de Sócrates...


"Este PS tem sido muito bom para Lisboa."
.
José Sá Fernandes, vereador na Câmara Municipal de Lisboa pelo Bloco de Esquerda, com quem o BE anunciou a ruptura sob a acusação deste se ter desviado dos compromissos eleitorais que assumiu com o partido. Diário de Notícias, 26/11/2008, reproduzido pelo Expresso online.

Lisboa: Concelhia do Bloco de Esquerda assume ruptura com vereador José Sá Fernandes...


"Lisboa, 26 Nov (Lusa) - O Bloco de Esquerda (BE) de Lisboa consumou hoje a ruptura com o seu vereador na Câmara de Lisboa, "terminando o entendimento" com José Sá Fernandes, acusando-o de incumprimento de compromissos eleitorais, mas ele promete "continuar a trabalhar".

"O grau de incomunicabilidade chegou ao absoluto. Isso significava a antecâmara desta ruptura", afirmou o líder da Comissão Concelhia do BE/Lisboa, o deputado Luís Fazenda.

A Assembleia Concelhia dos bloquistas da capital aprovou, por larga maioria, com seis votos contra e uma abstenção, uma resolução em que é proposto que seja "terminado" o "entendimento" com Sá Fernandes, independente eleito nas listas do BE nas autárquicas.

Na reunião, num hotel de Lisboa, participaram cerca de cem militantes.

Luís Fazenda apontou falhas ao vereador quanto à reestruturação das empresas municipais, a redistribuição de pelouros que aceitou do presidente da Câmara, o socialista António Costa, ou ainda quanto ao projecto da frente ribeirinha.

O dirigente bloquista acusou ainda o vereador de comunicar "como factos consumados" as suas decisões e de ter uma "relação prévia, alinhada com o presidente de Câmara, de onde excluiu o Bloco de Esquerda".

Com esta decisão e na prática, os bloquistas retiram a confiança a Sá Fernandes no executivo camarário, ficando apenas com a representação partidária na Assembleia Municipal e juntas de freguesia.

Horas antes da votação, o Gabinete do Vereador divulgara um comunicado em que afirmava que a Concelhia de Lisboa do Bloco de Esquerda distribuira "um chamado documento de avaliação do mandato de José Sá Fernandes" mas não o enviara ao visado.

"Acresce dizer que o documento em causa, que José Sá Fernandes obteve através de um dos membros dessa lista, para além de não ter sido sujeito ao merecido contraditório, contém demasiados erros, muitas omissões, várias deturpações e ilações injustas - é pena", adianta o documento.

O Gabinete afirma que o vereador vai "continuar a trabalhar".

"Quanto às conclusões, resultantes de juízos manipuladamente pré-concebidos, só há uma resposta: continuar a trabalhar, com o mesmo afinco, a mesma dedicação e sempre com o mesmo ideal: Lisboa", conclui o comunicado do gabinete do vereador José Sá Fernandes."
in JN online, 26-11-2008

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Martine Aubry eleita nova líder do PS francês...


"A presidente de Câmara de Lille, Martine Aubry, foi declarada oficialmente vencedora da votação para a eleição do novo líder do Partido Socialista (PS) francês."
in Lusa, última hora, 25-11-2008

Não batam mais na ceguinha...Manuela Ferreira Leite está apostada numa causa nobre!



"Manuela Ferreira Leite teria grandes vantagens em se fazer acompanhar por um tradutor, de forma a solucionar o irritante desfasamento entre o seu cérebro e as suas cordas vocais".


João Miguel Tavares, "Diário de Notícias", 25-11-2008, reproduzido pelo Público online.


--------


"A tese de Ferreira Leite sobre a impossibilidade das reformas contra as classes profissionais é insustentável "


Vital Moreira, artigo de opinião no Público online, 25-11-2008

Post para a minha querida mulher ler...

"Igreja recomenda sete dias de sexo


Um pastor do Texas, Ed Young, recomendou aos crentes, casados, um tratamento de sete dias seguidos de sexo. Uma forma de fortalecer o casamento e a família, para a qual o próprio não teve forças.


Um desafio de monta para os casais, particularmente os que têm filhos, carreiras e uma casa para gerir, mas que foi bem acolhido pelos membros da Igreja da Amizade, à qual preside o ministro Ed Young. “Vamos formar a Igreja mais feliz do planeta”, disse o pastor, na prelecção em que exortou os crentes a uma semana de sexo.


“Uma semana normal para mim e para a Lisa”, a esposa, disse. “Estou a brincar”, ouve-se, ainda, no vídeo em que fez o desafio à comunidade. Confirma-se numa entrevista do casal à CNN. “Foi excelente, mas tenho de confessar que falhei um dia. A minha mulher acordou-me e lembrou-me do desafio dos sete dias, mas estava muito cansado. Apesar de tudo, seis em sete não é mau”, disse, em entrevista à CNN.


“Foi espectacular”, disse a esposa, ignorando o não cumprimento integral do desafio dos sete dias. “Renovou a minha convicção de que o sexo deve ser uma prioridade no casamento e é um indicador da saúde do casamento”, disse Lisa Young, na entrevista do casal àquele canal de televisão norte-americano.


“O que se passa no quarto é um reflexo do que se passa na vida das pessoas. A vida sexual dos casais é um indicador de como está a família”, disse Ed Young. “O nosso objectivo é ajudar a fortalecer os casamentos e as famílias”, acrescentou o pastor, exaltando a mensagem bíblica. “Sexo é algo fantástico, e foi Deus que o inventou”. E só descansou ao sétimo dia."


O video:

in JN online, 25-11-2008

Dias Loureiro, o "Egas Moniz" do BPN...



" A TV é a lavandaria do regime. (...) Dias Loureiro (...) foi ao estúdio de baraço ao pescoço e sem bigode, confessando que, sim, era administrador da SLN, mas, enquanto aconteciam no BPN as trapaças que têm vindo a público (e as que hão-de vir) calhou sempre de estar a olhar para o outro lado."

Manuel António Pina, "Jornal de Notícias", 24-11-2008, reproduzido pelo Público online.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Hugo Marçal colocado em escola com jovens...


"Hugo Marçal, arguido do processo de pedofilia da Casa Pia, acusado de 36 crimes de lenocínio e abusos sexuais, está há mais de um ano a trabalhar na Escola Básica 2/3 nº 2 de Elvas, situada na Estrada Nacional 373, no Bairro da Fé, frequentada por alunos menores de 15 anos."
in CM online, 24-11-2008

Meia centena descobriu património escondido de Loures...

(Casa do Adro - Loures)
"Por montes e vales, cerca de 50 pessoas conheceram ontem património esquecido e zonas rurais escondidas em freguesias atrás de milhares de pessoas em prédios altos. A caminhada foi promovida pela Câmara de Loures.

O percurso pedestre, com uma extensão de 12 quilómetros e classificado pela organização como de dificuldade média, teve início por volta das 9.30, junto ao Parque da Cidade de Loures. Daí, os participantes foram-se embrenhando em zonas menos conhecidas e com declives acentuados.
Pelo caminho, passaram por alguns dos pontos de maior interesse patrimonial do concelho, como a Casa do Adro e a Capela de Nossa Senhora da Saúde.

Foi junto a este templo, na localidade de Montemor, com uma vista panorâmica privilegiada sobre a várzea de Loures que abarcava pontos tão distantes como a ponte Vasco da Gama ou a Alta de Lisboa, que Ana Filipa Santos, 15 anos, se sentou a descansar um pouco, depois de uma longa e íngreme subida.

Habitante da cidade de Loures, é a primeira vez que participa numa iniciativa do género e foi a mãe que a "arrastou". Em boa hora o fez. "Estou a gostar. É muito interessante passar no meio da natureza e conviver com as outras pessoas", diz a jovem, admitindo a possibilidade de fazer mais caminhadas do género.

Vítor Valente e a mulher Maria Augusta já são participantes habituais neste tipo de actividades sejam elas organizadas pela Câmara de Loures, pela de Oeiras ou pela de Cascais, onde residem.
O que lhes interessa é mexerem-se e verem coisas novas. A Vítor, 55 anos, marcou-o especialmente o Palácio do Correio-Mor, uma grandiosa obra do séc. XVIII, classificada como imóvel de interesse público mas que, actualmente nas mãos de um privado, se encontra fechado. "É tão bonito e está ali completamente escondido. Lamentável é estar tudo abandonado e poluído", diz o bancário.

Estes percursos pedestres que, normalmente, têm lugar uma vez por mês, são feitos mais a pensar em casos como o de Ana Filipa Santos do que o de Vítor Valente. "O nosso objectivo é sobretudo trazer pessoas novas, porque para quem gosta de fazer caminhadas já há muita oferta", diz Manuel Silva, da Divisão de Desporto da Câmara de Loures. No entanto, todos são bem-vindos, desde os irmãos Lucas e Tiago, de 9 e 10 anos, até pessoas de 80 anos como algumas que já têm participado nestas actividades."
in JN online, 24-11-2008

domingo, 23 de novembro de 2008

LiedSHOW...


«“Liedshow” dá mais três pontos e o terceiro lugar ao Sporting»
in Público online, 23-11-2008

Sem dúvida...


"A prisão de Oliveira e Costa é um marco para a Justiça. E isso deve-se ao Ministério Público, neste caso personalizado em Cândida Almeida e Rosário Teixeira, mas também a um homem cuja coragem merece a nossa homenagem: o juiz Carlos Alexandre."

Eduardo Dâmaso, "Correio da Manhã", 23-11-2008, reproduzido pelo Público online.

Caro Carlos Teixeira, "à mulher de César não basta ser séria"...



"Câmara de Loures

Um administrador dos Serviços Municipalizados de Águas e Saneamento de Loures e Odivelas (SMAS) trabalha também para a IPODEC, uma empresa especializada em limpeza e tratamento de resíduos que presta serviços às duas autarquias. Carlos Raimundo representa a empresa na assinatura de um protocolo com a autarquia de Odivelas.


O administrador Carlos Raimundo diz não existir qualquer incompatibilidade "legal ou formal". E o presidente da Câmara de Loures, o socialista Carlos Teixeira - que também preside aos SMAS -, não quis fazer qualquer comentário sobre o assunto.


A CDU alega que esta dualidade de posições poderá levantar questões legais e éticas e vai, por isso, pedir esclarecimentos na próxima quarta-feira, na sessão de Câmara.


"Estamos a avaliar a situação. Decorrem vários concursos onde a IPODEC está presente", adianta o vereador eleito pela CDU, José Manuel Abrantes dos Santos, salientando que a nomeação de Carlos Raimundo teve os votos contra da coligação.


"É muito questionável do ponto vista ético, senão legal, existir um administrador dos SMAS que é também colaborador de uma empresa que vende serviços à Câmara", acrescenta.O vereador diz desconhecer qual a natureza do vínculo que Carlos Raimundo tem com a IPODEC.


A dualidade de funções do administrador dos SMAS tem reflexo, por exemplo, no Boletim Municipal de Odivelas de 21de Outubro deste ano, em que Carlos Raimundo surge como representante da IPODEC na assinatura de um compromisso da Associação Odivelas pela inclusão social.


"Não sou quadro nem funcionário da IPODEC, sou consultor externo da empresa desde 2000", diz, por seu turno, o visado. Confrontado com o facto de estar a correr um concurso da autarquia para o fornecimento de varredura mecânica por dois anos no valor de 400 mil euros onde a IPODEC está presente, Carlos Raimundo diz que os SMAS tratam de resíduos sólidos e de abastecimento de água.


"A limpeza urbana é da responsabilidade da Câmara e das Juntas de Freguesia", diz. Para Carlos Raimundo, do ponto de vista da IPODEC, Loures não tem sido uma relação muito interessante quanto ao volume de negócios.


"Na qualidade de administrador, se por acaso existir algum contrato com a IPODEC terei o cuidado de me afastar. Estou de consciência tranquila agora, como no passado", afirma.


Raimundo salienta que exerce "um cargo de gestão nos resíduos sólidos, que não me impede de ser consultor da IPODEC".


Nomeado pelo Executivo camarário em 19 de Março de 2008, a entrada de Carlos Raimundo para administração é ratificada na reunião de 26 de Março do Conselho de Administração do SMAS.


Raimundo toma posse a 1 de Abril como responsável da Divisão de Resíduos Sólidos. Sob proposta do presidente do SMAS, Carlos Teixeira, o novo administrador fica com competências genéricas delegadas que vão desde pagamento de subsídios de Natal até às relações com empresas e outras institições.

Na acta da reunião, refere-se ainda que foi proposto que a remuneração de Carlos Raimundo seja "equivalente à de um vereador em regime de permanência" e que abranja despesas de representação de 20% sobre o valor da remuneração. O que dará um valor próximo dos quatro mil euros brutos."

in Expresso online, 23-11-2008

sábado, 22 de novembro de 2008

Dias Loureiro, um homem cheio de sorte...



"Só por sorte a crise no BPN não apanhou um cêntimo do milhão que Dias Loureiro lá teve."

João Marcelino, "Diário de Notícias", 22-11-2008, reproduzido pelo Público online.

John Kennedy foi assassinado há 45 anos...


"Faz este sábado 45 anos que o presidente norte-americano John Fitzgerald Kennedy foi morto, em Dallas, Texas.

No Verão de 1963, Kennedy preparava-se para iniciar a campanha para uma eventual reeleição em 1964. As perspectivas eram boas. O candidato republicano deveria ser o senador Barry Goldwater, um conservador bastante extremista e impopular.

Porém, no Estado do Texas, que era de fundamental importância, a Administração democrata estava a perder popularidade para os republicanos. Para alterar a situação, o presidente resolve visitar as principais cidades do Estado, nos dias 21 e 22 de Novembro.

Depois de várias visitas bem sucedidas, Kennedy vai a Dallas, desfila num carro aberto, e encontra uma multidão entusiasmada. Ao meio-dia e meia do dia 22 de Novembro, quando passava pela Dealey Plaza, Kennedy é atingido por dois tiros, um no pescoço (que também atinge o governador do Texas, John Connally) e outro fatal na cabeça. Morre menos de 30 minutos depois do atentado.

Um ex-fuzileiro naval, Lee Harvey Oswald, de 24 anos, que trabalhava num depósito de onde terão sido vistos os disparos, foi detido e acusado pelo homicídio de Kennedy. No dia 24, quando Oswald era transferido para outra prisão, acabou por ser também assassinado por Jack Ruby, ligado à Máfia americana.

"É a altura, não de perguntar aquilo que o país pode fazer por nós, mas aquilo que todos podemos fazer pelo país", afirmara pouco antes John F. Kennedy."
in JN online, 22-11-2008

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Automóveis eléctricos: 320 postos de abastecimento em 2010...


"Portugal vai ter 320 locais de abastecimento para automóveis eléctricos em 2010, altura em que a aliança Renault-Nissan deverá começar comercializar este tipo de veículos para os consumidores portugueses, disse esta sexta-feira à Lusa fonte ligada ao processo.

O número de postos de abastecimento atingirá os 1.300 no final de 2011, adiantou a mesma fonte.

Este é um dos objectivos do acordo final 'Zero Emission Mobility' entre o governo português e a aliança Renault-Nissan, que sábado será assinado em Lisboa, numa cerimónia que contará com as presenças do primeiro-ministro, José Sócrates, do ministro da Economia e da Inovação, Manuel Pinho, e do administrador e vice-presidente da Nissan Motor, Carlos Tavares.

O acordo final acontece quatro meses depois do governo e dos responsáveis da Renault e Nissan terem assinado um memorando de entendimento para que Portugal seja um dos primeiros mercados mundiais onde serão introduzidos os modelos de veículos eléctricos da aliança, com introdução prevista para início de 2011.

No âmbito deste acordo, os portugueses que comprarem veículos eléctricos terão benefícios fiscais, quer em sede de IRS ou IRC (caso sejam empresas).

De acordo com a mesma fonte, os incentivos fiscais terão início em 2010, com duração de cerca de cinco anos.

Além disso, o governo pretende que 20 por cento da frota automóvel do Estado tenha emissões zero a partir de 2011, entre outras as medidas que estão a ser estudadas.

Portugal é o primeiro país europeu onde serão introduzidos os modelos veículos eléctricos da aliança Renault-Nissan."
in JN online, 21-11-2008

É o que faz a ganância...


"BPN: José Oliveira e Costa fica em prisão preventiva por decisão de juiz de instrução criminal.

O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) decretou hoje a prisão preventiva do ex-administrador do BPN, José Oliveira e Costa, num processo em que é suspeito de burla qualificada, fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais, entre outros ilícitos."

Lusa, última hora, 21-11-2008
.
.
Nota: Este homem com 73 anos de idade e doente, não seria suposto estar a gozar em paz e tranquilamente a velhice, na companhia da sua família, mulher, filhos e netos?
A ganância pelo dinheiro é uma merda, é, é...

Catalina Pestana: “Nenhum juiz disse que Paulo Pedroso era inocente"...


"A três dias das alegações finais do processo de pedofilia, a ex-provedora da Casa Pia fala dos seis anos do escândalo. Sobre a sentença, Catalina Pestana diz esperar apenas que as vítimas sejam reconhecidas como vítimas."
in CM online, 21-11-2008

Quem é José de Oliveira e Costa...


"Antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, José de Oliveira e Costa foi durante 10 anos o rosto do Banco Português de Negócios, tendo sido detido esta quinta-feira, aos 73 anos, por suspeitas de fraude fiscal, branqueamento de capitais e burla.

Nascido na freguesia da Esgueira, em Aveiro, em 1935, José de Oliveira e Costa começou a trabalhar aos 15 anos como empregado de escritório na firma Bóia & Irmão. Continuou a estudar, no entanto, licenciando-se pela Faculdade de Economia do Porto.

Após uma passagem pela Companhia Portuguesa de Celulose, Oliveira e Costa entrou para os quadros do Banco de Portugal, dos quais fez parte até 1991.

Tendo aderido ao PSD após o 25 de Abril, foi convidado em 1985 por Cavaco Silva para secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, durante o X Governo Constitucional, trabalhando com o ministro das Finanças Miguel Cadilhe.

Oliveira e Costa saiu do Governo em 1991, passou pelo Banco Europeu de Investimentos, onde representou Portugal, voltando a Portugal em 1994, para exercer a presidência do Finibanco.

Em 1998, deixou o Finibanco e assumiu a presidência do Banco Português de Negócios, pondo em prática uma estratégia de crescimento agressiva, aumentando a rede de balcões da instituição e investindo nos mais diversos sectores de actividade, dos cimentos aos polímeros.

Foi hoje detido por suspeitas de burla, fraude fiscal e branqueamento de capitais, no âmbito das alegadas irregularidades que levaram ao colapso e recente nacionalização do BPN."
in JN online, 21-11-2008

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Pois, com este PS ninguém daria pela falta do PSD...


"E porque é que a dra. Manuela Ferreira Leite não suspende muito simplesmente o PSD, inutilidade sem préstimo para a oposição estando este PS no Governo?"


João Paulo Guerra, Diário Económico online, 20-11-2008

Violência doméstica: Agressor poderá ser detido sem flagrante delito...


"O Governo aprovou esta quinta-feira uma proposta para reforçar o combate à violência doméstica. A partir de hoje o agressor poderá ser detido mesmo não sendo apanhado em flagrante delito.

Outra novidade é o facto de os arguidos serem controlados à distância através da utilização de meios electrónicos.

De acordo com Jorge Lacão, secretário de Estado da Presidência, “de forma inovadora, define-se um estatuto de vítima de violência doméstica”, sendo que o diploma concederá às vítimas "uma protecção mais consistente".

“Este conjunto de medidas representam um aperfeiçoamento significativo no que respeita à protecção da vítima", comenta Jorge Lacão.

Segundo o secretário de Estado, "serão usados meios técnicos de tele-assistência de apoio à vítima, meios electrónicos de controlo à distância para o cumprimento de decisões judiciais impostas ao arguido ou condenado, além da possibilidade de se configurar como urgente processos relativos a violência doméstica".

Considerado um processo como urgente, "poderá haver a possibilidade de aplicação de medidas urgentes de protecção às vítimas no prazo de 48 horas subsequente à constituição do arguido", explicou o membro do executivo."
in JN online, 20-11-2008

Ana Gomes e o provérbio: "Gaba-te, cesta, que vais à vindima"...

"Penso que posso ser particularmente útil no Parlamento Europeu, entendendo-me como intérprete dos interesses do nosso país e da Europa no seu conjunto."


Ana Gomes, durante o lançamento do seu livro de crónicas Todo-o-Terreno - Quatro Anos de Reflexões, confessando que está bem junto das instituições comunitárias e que gostava de cumprir mais um mandato. TSF, 20/11/2008, reproduzido pelo Expresso online.




Obama só toma posse daqui a dois meses...entretanto, já "ladram os cães" da desgraça...



"No plano internacional, não é seguro que Obama realize a grande viragem no sentido do respeito pelos povos com interesses divergentes dos das multinacionais dos EUA, nem que dê prioridade às boas relações com a Rússia."

Boaventura de Sousa Santos, "Visão", 20-11-2008, reproduzido pelo Público online.

Não, isto não aconteceu em África. Foi em Portugal. Onde o governo "socialista" acaba de criar um crédito de 20 mil milhões para ajudar os Bancos!


"Um homem, de 64 nos, ex-cobrador da Rodoviária Nacional e considerado "o maior dador europeu de sangue", montou a enxerga sob as ruínas de uma estação de serviço na rua Serpa Pinto. Um lugar onde só cabia encolhido.

Viveu assim mais de três meses. Solitário. Sem alarido social. Ninguém diria, ao vê-lo pela manhã, a correr a cidade de um lado para o outro, que tinha passado a noite encolhido num buraco exíguo e fétido, de 1,5 metros quadrados, em cima de cartões e tapado por um cobertor.

Apesar do recato, a presença do sem abrigo na rua de Serpa Pinto, no que resta da estação de serviço que funcionou nas proximidades do antigo matadouro - um cubículo e, ao lado, uma retrete com uma sanita, não passou despercebida a uma moradora.

O caso foi comunicado a Carlos Vieira, responsável pelo Núcleo de Viseu da "Olho Vivo - Associação para a Defesa do Património, Ambiente e Direitos Humanos", que se pôs em campo no sentido de ajudar o homem.

Conduzido à Cáritas Paroquial de Santa Maria, Joaquim Dionísio passou a tomar ali as suas refeições, beneficiando ainda de banho duas vezes por semana. Só não conseguiu uma cama para dormir, porque o Centro de Acolhimento Temporário, com sete camas, "estava completamente lotado". Agora, que já recebeu o Rendimento Social de Inserção, arrendou um quarto digno para dormir e viver.

"Num cenário de agravamento da crise económica e de desemprego, é de prever que casos como este se multipliquem. E é grave que o Ministério da Solidariedade e da Segurança Social não ofereça condições para os enquadrar. Justificações de lotação esgotada, quando se fala em pessoas sem abrigo, não fazem qualquer sentido", critica o dirigente da "Olho Vivo". "
in JN online, 19-11-2008

Escritor Pérez-Reverte defende fusão de Portugal e Espanha, e criação do país IBÉRIA...


"O escritor espanhol Arturo Pérez-Reverte defendeu a existência de uma Ibéria, um país único, sem fronteiras que separem Espanha e Portugal, porque é "um absurdo" que os dois países vivam "tão desconhecidos um do outro".

"Há uma Ibéria indiscutível que está entre os Pirinéus e o estreito de Gibraltar, com comida, raça, costumes, história em comum e as fronteiras são completamente artificiais", disse o escritor à agência Lusa, de passagem por Portugal a propósito do lançamento do romance "Um dia de cólera".

Para Pérez-Reverte, o maior erro histórico de Filipe II, no século XVI, foi não ter escolhido Lisboa como capital do império: "Teria sido mais justo haver uma Ibéria, e a história do mundo teria sido diferente".

O escritor disse que essa Ibéria não existe hoje administrativamente, mas "qualquer espanhol que venha a Portugal sente-se em casa e qualquer português que vá a Espanha sente o mesmo".

"Houve dificuldades históricas que nos separaram, mas a Ibéria existe. Náo é um mito de Saramago, nem dos historiadores romanos. É uma realidade incontestável" que precisa de um empurrão social e não político para concretizar o projecto, disse.

Ainda assim, disse que "é um absurdo que Portugal e Espanha vivam sempre tão separados, tão desconhecidos um do outro", já que deviam olhar para a Europa como ibéricos, porque o mundo de hoje "é um lugar de grandes mudanças sociais".

"Esse Ocidente pacífico, sereno, poderoso, com uma certa coerência cultural e social do século XX não poderá continuar. O Ocidente como o entendemos está na sua etapa final", disse.

Arturo Pérez-Reverte, 57 anos, é um dos escritores mais populares das letras espanholas da actualidade, com obra traduzida em quase trinta idiomas.

Antigo repórter de guerra, dedica-se em exclusivo à escrita desde finais dos anos 1980, tendo editado romances como "O cemitério dos barcos sem nome", "Território Comanche", "O hussardo", "O pintor de batalhas" e os seis romances da série de aventuras "Capitão Alatriste"."
in JN online, 19-11-2008

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Colombiana Claúdia Castillo recebe transplante de traqueia revolucionário...


"Uma mulher colombiana de 30 anos tornou-se a primeira pessoa do mundo a receber o transplante de uma traqueia produzida em laboratório com células do seu próprio corpo.

O revolucionário procedimento, que é também o primeiro envolvendo a regeneração de um órgão em laboratório sem que o paciente precise de tomar imunossupressores, foi hoje descrito na edição electrónica do jornal médico britânico 'The Lancet'.
A notícia foi recebida com grande entusiasmo pela comunidade científica e médica, já que representa a demonstração das enormes potencialidades da engenharia de tecidos humanos.
A intervenção foi o resultado de um trabalho conjunto do Hospital Clínico de Barcelona, em Espanha, da Universidade de Bristol, no Reino Unido, do Politécnico de Milão e da Universidad de Pádua, em Itália.
Para a concretizar, a equipa europeia utilizou uma traqueia de uma mulher de 51 anos, à qual foram removidas todas as células para evitar problemas de rejeição. A traqueia foi depois coberta em laboratório com células de cartilagem cultivadas a partir de células estaminais da própria paciente bem como com células epiteliais (responsáveis pelo revestimento externo dos órgãos) retiradas de uma parte saudável da sua traqueia. Finalmente, o novo órgão foi cortado à medida e usado para substituir o brônquio esquerdo da paciente, que liga a traqueia ao pulmão esquerdo.
Nascida na Colômbia mas a residir em Espanha, Claúdia Castillo foi diagnosticada em 2004 com uma tuberculose que a deixou incapaz de realizar simples tarefas domésticas, como cuidar das duas filhas. A doença provocou um colapso na traqueia, levando a uma obstrução junto ao brônquio esquerdo e impedindo o ar de chegar ao pulmão.
Antes do transplante, havia sido operada mas sem grande sucesso. A nova cirurgia permitiu-lhe salvar o pulmão esquerdo, algo que teria sido impossível sem esta intervenção.
Cinco meses depois do transplante, Castillo encontra-se, segundo os médicos que a estão a acompanhar, "de perfeita saúde". Recuperou alguma autonomia, conseguindo, por exemplo, caminhar meio quilómetro sem necessidade de parar. Além disso, não precisou até ao momento de receber quaisquer imunossupressores, já que o organismo identificou o novo órgão como não sendo estranho.
"A probabilidade de rejeição é praticamente nula. Ela está a desfrutar de uma bela vida, o que para nós, médicos, é o melhor dos presentes", afirmou Paolo Macchiarini, que liderou a equipa de cirurgiões do Hospital Clínico de Barcelona.
O especialista mostrou-se esperançado de que, no futuro, a produção de órgãos resultantes da combinação de biomateriais e células do próprio paciente possa oferecer soluções bem sucedidas para outros problemas clínicos graves.
Fábricas de órgãos
A intervenção veio demonstrar aquilo que há muito se anuncia: graças à engenharia de tecidos humanos, os transplantes, tal como os conhecemos hoje, têm os dias contados. O futuro está em fabricar em laboratório tecidos e órgãos à medida, usando células extraídas do próprio paciente, o que elimina o complexo problema da rejeição.

Algumas destas possibilidades são já uma realidade. Investigadores do Instituto Wake Forest, nos Estados Unidos, desenvolveram bexigas que estão a ser utilizadas em ensaios clínicos com humanos e estão já a aperfeiçoar outras 'peças' do organismo.

"Estamos a trabalhar com praticamente qualquer tecido e órgão do corpo humano, incluindo osso, músculo, nervo, tendão, vasos sanguíneos, cérebro, pâncreas, fígado e rim", contou ao Expresso Mark Van Dyke, investigador do instituto."
in Expresso online, 19-11-2008

A temperatura ideal no local certo...


Pois estão...



"Os sindicatos e movimentos de professores, se vencerem o ministério, estão condenados a cair com ele"

Rui Ramos, artigo de opinião no Público online, 19-11-2008

Pois é...


"O pior dos cenários é óptimo para emergentes, seja qual for o ramo a que se dediquem, desde a ambição por uma liderança partidária ou pelo trono num sindicato ou no que quer que seja que dê visibilidade".

José Leite Pereira, "Jornal de Notícias", 19-11-2008, reproduzido pelo Público online.

Nogueira Leite e os ingleses porcos...


"Essas coisas do FT são muito subjectivas. Eu por exemplo, acho que os ingleses se lavam pouco."

Nogueira Leite, economista, a propósito de um ranking publicado ontem no Financial Times (FT), em que o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, ficou classificado em 19.º e último lugar. O jornal britânico classificou 19 dos 27 ministros das Finanças da União Europeia. Diário de Notícias, 19/11/2008, reproduzido pelo Expresso online.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Angelina Jolie emocionada em Londres...

"A actriz norte-americana Angelina Jolie dedicou o seu último filme, "A Troca", à mãe, que morreu o ano passado vítima de cancro. Numa conferência de imprensa, em Londres, para apresentação do filme dirigido por Clint Eastwood, Angelina Jolie não escondeu a emoção quando descreveu a mãe como "muito doce".

"Nunca levantava a voz, mas podia ser muito forte se precisasse proteger os filhos. Esta é verdadeiramente sua história", declarou a actriz.


No filme, baseado numa história real, Angelina interpreta uma mãe norte-americana dos anos 20 cujo filho é sequestrado. Quando a criança é devolvida, ela percebe que o filho não é seu.


Na conferência de imprensa, a actriz que vive com Brad Pitt, e é mãe de seis filhos, sendo três deles adoptados, reafirmou a intenção de deixar o cinema para se dedicar à família. "Tenho uma grande família e muita responsabilidade em casa", sublinhou."

in JN online, 18-11-2008

Manuela Ferreira Leite deixa cair a MÁSCARA de democrata...


«Até não sei se não é bom haver seis meses sem democracia»


Manuela Ferreira Leite, presidente do PSD, in SOL online, 18-11-2008
.
.
Nota: Esta afirmação vem no seguimento de outras duas: "Não pode ser a comunicação social a seleccionar aquilo que transmite"...«Obras públicas só reduzem desemprego "de Cabo Verde ou Ucrânia".»...
.

Pela segunda vez, em 24 horas, Vitorino distancia-se de Sócrates...


"Seria bom que começássemos a pensar na possibilidade de haver uma comissão independente inspirada no modelo inglês, um grupo de sábios, pessoas que fossem aceites de ambos os lados."

António Vitorino, defendendo que não faltam em Portugal personalidades capazes de fazer a ponte entre o Ministério da Educação e os professores no que toca ao controverso sistema de avaliação. TSF, 18/11/2008, reproduzido pelo Expresso online.
.
.
Nota: Ontem na RTP1, António Vitorino criticou o PS por ter impedido a ida de Dias Loureiro ao Parlamento prestar esclarecimentos sobre o BPN...

Esta vai direitinha a Durão Barroso...o tal que fez parte da GUERRA e queria o Nobel da PAZ...


"É chocante que homens que acompanharam Bush, faces de um passado recente que não deixou saudades, se queiram agora agarrar a Obama, sem largar Bush."

Mário Soares, "Diário de Notícias", 18-11-2008, reproduzido pelo Público online.

Sónia Araújo grávida de gémeos...


"Há muito que a apresentadora da RTP já havia manifestado o desejo de voltar a ser mãe. Ontem , durante a emissão da ‘Praça da Alegria’, Sónia Araújo revelou que está grávida de gémeos. Os bebés deverão nascer em Junho do próximo ano.

"Gostaria de referir que eu e o Vítor estamos muito felizes, porque era algo que já desejávamos há muito tempo", começou por dizer Sónia Araújo, adiantando que a gravidez está "a correr lindamente".

Tanto a apresentadora como o marido, o empresário Vítor Martins, foram surpreendidos quando souberam que iam ser pais, não de um mas de dois bebés. "A surpresa foi grande porque se trata de uma gravidez de gémeos, que aconteceu de forma natural."

Feliz com o seu estado de graça, a profissional da RTP já fez saber que espera "continuar a trabalhar até ao fim do tempo".

Este anúncio não apanhou de surpresa muitos dos funcionários da estação pública, uma vez que, nos últimos tempos, o comportamento de Sónia Araújo indiciava que esta poderia estar grávida. Para a ‘Praça da Alegria’, a apresentadora mudou o guarda-roupa, dando preferência a vestidos mais largos que escondessem a sua barriguinha.

Prestes a completar 38 anos, Sónia Araújo concretiza assim o desejo de dar irmãos à pequena Carolina, a sua filha de cinco anos."
in CM online, 18-11-2008

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Afilhado elogia O PADRINHO...


"O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, não está há longo tempo na presidência? E não tem feito um bom trabalho?"


Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) desde 1996, considerando que a limitação do número de mandatos imposto no novo Regulamento Jurídico das Federações Desportivas (RJFD) é uma falsa questão e que as modalidades necessitam de projectos estáveis e duradouros, para terem sucesso e projecção internacional. Público, 17/11/2008, reproduzido pelo Expresso online.
.
.

Sobre Durão Barroso foi dito...foi muito bem dito...


"Há gente que não devia estar na política, mas no 'catering'. (...) Cinco anos, 650 mil mortos e 4 milhões de deslocados depois de ter servido o almoço das Lajes a Bush (...), Durão Barroso apressou-se a saudar efusivamente a eleição de Barack Obama, pedindo o seu apoio para vencer uma crise financeira que, segundo o próprio Obama, tem relação directa com a invasão do Iraque."

Manuel António Pina, "Jornal de Notícias", 17-11-2008, reproduzido pelo Público online.

Área de não fumadores...


domingo, 16 de novembro de 2008

Qual foi o partido que durante 30 e tal anos lhe garantiu o TACHO?



"Não posso envolver-me numa campanha eleitoral se não estiver de acordo com o programa político nem com as políticas. Nem posso apoiar pessoas que nada têm a ver comigo".


Manuel Alegre, "Diário de Notícias", 16-11-2008, reproduzido pelo Público online.
.
.
Nota: Afinal de contas, Sócrates está a fazer algum desvio dos valores socialistas que não tenha sido feito, também, por Mário Soares, Constâncio, Sampaio, Guterres e Ferro Rodrigues? E onde estava Alegre no tempo dos ex secretários-gerais? Estava onde sempre soube estar: agarrado ao TACHO !!! Alterou o seu comportamento quando perdeu a corrida à liderança do PS...e porque já tinha garantida a reforma (mais uma) de deputado.
.
.

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 58 anos.