Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

sábado, 27 de setembro de 2014

Cavaco vai repetir com Menezes aquilo que tristemente fez com Dias Loureiro?





Neste mês de setembro o país ficou a saber que Luís Filipe Menezes está a ser investigado por corrupção para enriquecimento pessoal.

Os portugueses também sabem que Luís Filipe Menezes é membro do Conselho de Estado, órgão consultivo do Senhor Presidente da República Portuguesa.

Será que o Senhor Presidente da República Portuguesa sabe, que os portugueses sabem, que ele sabe, que um dos seus Conselheiros de Estado está a ser investigado pela Polícia Judiciária por corrupção para enriquecimento pessoal, quando desempenhou um cargo político?

Será que o Senhor Aníbal Cavaco Silva vai repetir a cena de triste memória acontecida com o seu amigo Manuel Joaquim Dias Loureiro?





Texto de Alberto João
Imagens in Google

Paul do Mar, Madeira, Portugal
































Do meu blogue 'imagens de locais onde já estive'
Imagens in Web

Palavras ou Frases ditas no Ribatejo: "Tarde adegueira"




"Tarde adegueira" = Tarde passada na Adega, quando as condições climatéricas não permitiam a execução dos trabalhos no campo.


sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Saudade


Quero de volta o nosso tempo
Esse tempo teu, meu tempo era
Liberta-me deste momento
Deste tempo, desta espera





Texto e foto de Alberto João, Ribatejo, 26-9-2014
Do meu blogue 'poeta e louco um pouco'

Palavras ou Frases ditas no Ribatejo: "Filho apanhadiço"




"Filho apanhadiço" = Filho nascido fora do casamento: filho da "outra"; bastardo


terça-feira, 23 de setembro de 2014

Serra da Estrela, Portugal






























Do meu blogue 'imagens de locais onde já estive'
Imagens in Web

Palavras ou Frases ditas no Ribatejo: "Meia Laranja"



"Meia Laranja" =  Parcela de terreno existente nos campos agrícolas onde os trabalhadores aqueciam ou confeccionavam as suas refeições. Nalguns casos existia nesta faixa de terreno um abrigo onde eram guardados os utensílios necessários para o trabalho. Também era comum a existência de uma árvore debaixo da qual os trabalhadores descansavam um pouco após a refeição.



segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Sevilha, Espanha

























Do meu blogue 'imagens de locais onde já estive'
Imagens in Web

Palavras ou Frases ditas no Ribatejo: "Burra"



"Burra" = Peça em ferro que os trabalhadores agrícolas usavam para no gancho daquela pendurar a panela para cozinhar a sua comida no campo. A Burra era espetada na diagonal, e a panela ficava sobre a fogueira.






Imagem in Google

sábado, 20 de setembro de 2014

O Verão está de partida



O verão está de partida, ó malta!
O outono já espreita à minha porta
Para a lareira ainda algum tempo falta
Agasalhos são precisos aqui na Horta!




Alberto João Catujaleno
Ribatejo, 20-9-2014
Do blogue 'poeta e louco um pouco'

Palavras ou Frases ditas no Ribatejo: "Caralhota"




"Caralhota" = Pão caseiro cozido no fornotradicional da zona de Almeirim.




quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Faz hoje 113 anos que nasceu José Régio



Faz hoje 113 anos que nasceu (a 17 de Setembro de 1901) o escritor José Régio (pseudónimo de José Maria dos Reis Pereira), em Vila do Conde, onde viria a falecer no dia 22 de Dezembro de 1969.

Numa singela homenagem a este grande vulto da cultura portuguesa, deixo-vos aqui o seu 'Cântico Negro' - um poema que eu considero o hino da minha vida - aqui soberbamente interpretado por João Villaret:





Pode ver este vídeo no canal  23 84 18 do MEO


Vídeo in YouTube

Palavras ou Frases ditas no Ribatejo: "Vou puxando"




"Vou puxando" = Vou andando para: vou indo para


Rio Douro, Espanha e Portugal













Do meu blogue 'imagens de locais onde já estive'
Imagens in Web

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Uma das frases mais estúpidas que encontrei em 15 anos de Internet






Imagem in Facebook

Onde andam as contas das Festas 2014 de Marinhais?



Corria o ano da graça de dois mil e catorze, entrava Agosto
Fizeram em ti, diz a Casquinha de fora, o maior dos arraiais
Quarenta e três dias depois pergunta o povo, com desgosto:
- Onde andam as contas das tuas Festas, Vila de Marinhais?






Alberto João, Ribatejo, 16-9-2014
Do blogue 'poeta e louco um pouco'
Imagem in Google

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 58 anos.