Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Gripe A chega ao Benfica...


"Fui convidada mas nunca tive contactos íntimos com Paulo Campos" disse Joana Amaral Dias...

«Em entrevista à SIC Notícias hoje à noite, Joana Amaral Dias reafirma que foi "convidada" por Paulo Campos, secretário de Estado das Obras Públicas, para fazer parte das listas do PS às legislativas ou ocupar um lugar de estado.

Joana Amaral Dias, militante bloquista, desmente que tenha tido "contactos privados e íntimos" com Paulo Campos, tal como o secretário de Estado tinha afirmado»

in "i" online, 31-7-2009


Admitindo que Joana fala verdade, ficamos a saber que houve convite, quem o fez, e que a coisa não meteu cama.

Por outro lado, a própria Joana acaba por confirmar que Louçã é um "troca-tintas", já que este acusou Sócrates de ser o convidador.

Fenprof considera recusa do TC "estranha" e garante que continuará luta contra modelo de avaliação...

Lusa, última hora, 31-7-2009


Neste país acontecem de facto coisas incrivelmente ESTRANHAS. Por exemplo: é muito ESTRANHO Mário Nogueira não dar aulas há mais de 20 anos, e continuar a receber (do Estado) o salário de professor. É mesmo muito ESTRANHO...

ETA meio século a bombar...


Cartoon de Rodrigo in Expresso online, 31-7-2009

Foi dito por Fátima Felgueiras...

"Portugal ficou a saber que a Fátima Felgueiras e Felgueiras são a todos os níveis exemplares."

Fátima Felgueiras, foi com estas palavras que a autarca deu nota da sua "grande alegria e satisfação", ontem após a sua absolvição pelo Tribunal de Felgueiras de sete crimes de participação económica em negócio e um de abuso de poderes sob forma continuada no âmbito do denominado processo do futebol. Correio da Manhã, 31/0/2009, reproduzido no Expresso online.


Amén...

Qual deles será o Judas?

«Benfica: Jesus rodeado de apóstolos no balneário.

Ruben Amorim, Weldon, Júlio César ou César Peixoto estão umbilicalmente ligados a Jesus. Para o bem ou para o mal, os resultados ditarão. »

in "i" online, 31-7-2009

Foi dito pelo politólogo André Freire...

"As direitas conseguem entender-se, as esquerdas não. Em 2004 antos responsáveis do PS queriam superar isso. O que mudou?"


André Freire (politólogo), "Diário de Notícias", 31-07-2009, reproduzido no Público online.

A conta-poupança-bebé...

(clique na imagem para ler melhor o texto)

Luís Faustino in Expresso online, 31-7-2009

O segredo do meu sucesso...

Ganho pouco, mas...rio-me muito!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Vem aí uma nova profissão: Caçador de Gays...

"Gays que não se assumam devem ser processados"


Presidente do Instituto Português do Sangue, in "i" online, 30-7-2009

Não sabia que Joaquim Evangelista tinha aderido ao PNR...

«Sindicato dos Jogadores repudia naturalização de Liedson»


in Público online, 30-7-2009

Foi dito, com ou sem sentido, por Fernando Castro...

"Trata-se de uma medida sem qualquer sentido."


Fernando Castro, presidente da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas (APFN), sobre a medida prevista, no Programa Eleitoral do Partido Socialista apresentado ontem, de incentivo à natalidade e que prevê a atribuição de 200 euros à família de cada bebé que nascer. O PS propõe que seja criada uma Conta-Poupança Futuro, com benefícios fiscais equivalentes aos da poupança jovem, e cuja quantia acumulada só pode ser levantada quando o titular atingir os 18 anos. Diário de Notícias, 30/07/2009, reproduzido no Expresso online.

Cássia Kiss casa pela primeira vez aos 51 anos...

in DN online, 30-7-2009


Se eu casar até 11 de Maio de 2010, também consigo tal feito...

Milagre...

Lusa, Expresso, Público, Jornal de Notícias, Diário de Notícias, Correio da Manhã, i, e Visão, não relataram hoje qualquer novo caso da gripe A, nas suas edições online.

Milagre na erradicação da gripe ou milagre na comunicação?

Torres Couto quer voltar e já é militante do PS...

in jornal "i" online, 30-7-2009


Saudades do tacho...

"Carmona Rodrigues, Fontão de Carvalho e Helena Napoleão vão a julgamento"...

in Público online, 30-7-2009


Carmona tinha que ir. Como não vai a votos, vai a julgamento...

"Oliveira e Costa exemplo para outros casos" diz Pinto Monteiro...

in CM online, 30-7-2009


Banqueiros de todo o mundo, uni-vos, e sigam o bom exemplo de Oliveira e Costa!

Ferreira Leite diz que é aos portugueses que compete analisar programas eleitorais...

Lusa, última hora, 30-7-2009


Em plena democracia, ou com a dita interrompida durante seis meses?

Adiada decisão sobre recurso de Vale e Azevedo contra extradição...

in JN online, 30-7-2009


Eu pensava que a Justiça só funcionava mal em Portugal...

Tribunal absolve Fátima Felgueiras de desvios no futebol...

in Expresso online, 30-7-2009


Quantos milhões irá pedir de indemnização ao Estado português?

Paulo Bento falha as duas primeiras jornadas por castigo...

in DN online, 30-7-2009


Se falhar só as duas primeiras...

quarta-feira, 29 de julho de 2009

O caso Joana Amaral Dias e a Dedução Empírica...


Joana foi excluída da Direcção (Mesa) Nacional do Bloco no ano passado. Não gostou, e disso deu conhecimento à opinião pública.
Agora, aquando da feitura das listas de deputados do Bloco, e na presença de Louçã, puxou pela sua vertente presunçosa, e deve ter dito qualquer coisa do género: "ó Chico, vê lá como me tratam agora, olha que ando a ser assediada pela malta do PS...até me oferecem um lugar elegível de deputada ou em alternativa um "tacho" no Estado"...
E, vai daí, o Chico, que anda todo inchado com o bom resultado das Europeias, decidiu transformar a presunção de Joana num facto politico, e...pimba no Sócrates!

Só se esqueceu de um pormenor: A mentira tem pernas curtas. E já toda a gente percebeu que o "caso Joana" foi uma jogada de "baixa politica"...

Paulo Campos desmente convite a Joana Amaral Dias...

«O secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos, desmentiu, esta tarde, que tenha dirigido um convite à bloquista Joana Amaral Dias para fazer parte da lista de candidatos do PS por Coimbra.

“Nunca convidei a Dra. Joana Amaral Dias para deputada, nem tinha mandato para tal”, reagiu Paulo Campos à notícia adiantada pelo JN esta tarde, que identifica o secretário de Estado como o autor do convite alegadamente feito a Joana Amaral Dias, militante do Bloco de Esquerda natural de Coimbra.

O secretário de Estado, também natural de Coimbra, admitiu manter “contactos pessoais” com Joana Amaral Dias, mas escusou-se a revelar se os utilizou para falar na possibilidade de uma candidatura da bloquista pela lista do PS. No entanto, garantiu nunca lhe poderia ter dirigido qualquer convite, até pelo facto de não estar mandatado para o efeito pela Federação de Coimbra do PS ou pela direcção Nacional do partido.

Paulo Campos também desmentiu que tenha proposto a Joana Amaral Dias qualquer lugar no Instituto da Droga e da Toxicodependência, como alega que aconteceu o dirigente bloquista Franscisco Louçã, ou que tenha conversado sobre o assunto com o secretário-geral do PS, José Sócrates.»

Texto de Nelson Morais, in JN online, 29-7-2009
.
.
Humoral da História:
Joana mente e Louçã deturpa

Francisco Louçã deturpou informação de Joana Amaral Dias...

Exclusivo JN: Paulo Campos foi o autor do convite a Joana Amaral Dias



«Foi Paulo Campos, o actual secretário de Estado das Obras Públicas, quem tentou convencer Joana Amaral Dias, do Bloco de Esquerda, a integrar a lista de candidatos do PS às próximas legislativas.

Amigo de Joana Amaral Dias há vários anos, Paulo Campos foi convidado pelo presidente da Federação Distrital de Coimbra do PS, Vítor Baptista, a ocupar o terceiro lugar na lista socialista deste distrito. Mas decidiu recusar esse convite e telefonou a Joana Amaral Dias para saber se ela estaria interessada no lugar.

A bloquista Joana Amaral Dias, que se havia aproximado do PS quando aceitou ser mandatária da Juventude da última candidatura presidencial de Mário Soares, acabou por declinar o convite de Paulo Campos e, na sexta-feira passada, comunicou essa decisão ao dirigente máximo do Bloco de Esquerda, Franscisco Louçã.

Joana Amaral Dias também terá dito a Louçã que, além do segundo lugar na lista de Coimbra, ter-lhe-ia sido oferecido um cargo de dirigente no Instituto da Droga e da Toxicodependência. Segundo a mesma fonte do Bloco, Joana Amaral Dias nunca referiu a Louçã quem lhe tinha oferecido os lugares de deputada e no IDT.

No sábado passado, Louçã trouxe a história a público de forma muito cáustica. Acusou de tráfico de influências José Sócrates, secretário-geral do PS e primeiro-ministro, por ter sido oferecido um lugar de Estado à militante bloquista, em troca de apoio para o combate das legislativas. “Isso mostra-nos o desespero em que está o PS”, comentou Louçã.

Ainda segundo Louçã, o caso “mostra-nos uma forma de política menor, de vergonha, que é uma política que oferece lugares de Estado, que trafica influências e oferece lugares a troco de algum apoio. Isto é uma vergonha, é a forma de governar em maioria absoluta, é pensar que o Estado é de um partido, mas não é. A democracia não permite traficâncias”, defendeu o dirigente bloquista.

O porta-voz do PS, João Tiago Silveira, reagiu ainda no sábado, afirmando que as declarações proferidas por Francisco Louçã eram “falsas”. No domingo, foi a vez de o próprio José Sócrates desmentir qualquer convite a Joana Amaral Dias. “Desminto categoricamente que tenha convidado Joana Amaral Dias ou que tenha pedido a alguém para a convidar”, afirmou. Sócrates esclareceu que, no PS, existem apenas três pessoas que poderiam ter dirigido um convite a Joana Amaral Dias - ele próprio, o presidente da Federação do PS de Coimbra e o ministro do Trabalho, Vieira da Silva -, mas garantiu que nenhuma delas o tinha feito.

“O que lamento é que um líder político utilize uma falsidade para atacar outro, ainda por cima, insinuando que andamos a traficar influências”, criticou, dirigindo-se a Francisco Louçã, e acrescentou: “Utilizar mentiras e usar inverdades para atacar um líder político é uma coisa que não se deve fazer”. »

Texto de Nelson Morais in JN online, última hora, 29-7-2009



Francisco Louçã, mais um mentiroso na politica portuguesa
.
.
Declaração
Declaro, por minha honra (estes políticos sabem o que é?), que nas duas últimas vezes que votei, em Partidos, coloquei a respectiva cruz à frente do símbolo do Bloco de Esquerda.
.
.
Alberto João (o outro)

Portugal: O paraíso dos funcionários públicos...

Com uma semana de 35 horas de trabalho, os funcionários públicos mantêm, em Portugal, o regime mais favorável da União Europeia. É o que conclui um estudo do Eurofound, em que Portugal surge como um dos países com maior discrepância entre sectores.



Com um limite de 35 horas semanais, a função pública portuguesa tem a carga horária mais leve de um conjunto de 28 países europeus. Só a França tem um regime tão favorável, revela um estudo da Fundação Europeia para a Melhoria das Condições de Vida e de Trabalho (Eurofound), que compara a legislação dos 27 países da União Europeia e da Noruega.

O relatório Working Time Developments, ontem divulgado, baseia-se em informação relativa ao ano passado, mas a recente reforma da função pública - que tinha como objectivo declarado a aproximação à legislação laboral das empresas privadas - não alterou este ponto. "É uma daquelas questões que jamais", comenta José Abraão, da Fesap.

O Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas, em vigor desde Janeiro, estipula por isso que o período normal de trabalho "não pode exceder as 35 horas por semana", contra as 40 referidas no Código do Trabalho. Limites que, nos dois casos, podem ser reduzidos por regulamentação colectiva.
"Temos salários mais baixos, piores condições de trabalho, a mobilidade especial..." contrapõe José Abraão aos resultados do estudo, salientando que há "um histórico de direitos" que foi respeitado. Também Alcides Teles, da Frente Comum, afirma que a questão nunca chegou a estar "formalmente" em cima da mesa. O responsável da estrutura afecta à CGTP - que defende as 35 horas para todos - invoca exemplos do sector privado. "Não é só a função pública que em Portugal tem 35 horas. Pelo menos na banca e nos seguros também é assim".

É de facto o que confirma o estudo do Eurofound, que analisa três sectores de actividade. Na banca, e por contratação colectiva, Portugal volta a estar no grupo de três países com um horário mais favorável. O mesmo não acontece na indústria metalúrgica, onde as 40 horas semanais denunciam uma das maiores cargas da Europa, em contraste com a Alemanha (35 horas). Portugal é, aliás, referido, como um dos países com maior disparidade entre os sectores analisados.

Em Portugal, as convenções colectivas estabeleceram, em média, 38,2 horas semanais de trabalho, ligeiramente abaixo do valor registado nos 28 países (38,6).

O retrato é diferente se consideradas as horas efectivamente trabalhadas. No terceiro trimestre do ano passado, os trabalhadores portugueses a tempo completo dedicavam, em média, 40,2 horas semanais ao trabalho, mostram dados do Eurostat, citados no relatório (ver gráfico). Um número que está abaixo da média dos 27 países da UE, mas acima do conjunto dos 15 países que inicialmente aderiram à União. É na Roménia que mais se trabalha e em França que a carga horária é mais leve.
in DN online, 29-7-2009

Marta: Transplante de medula na próxima semana...

A menina de cinco anos está internada desde a noite de segunda-feira e vai ser submetida a nove dias de quimioterapia. O transplante será no início de Agosto.



A próxima semana é a data prevista para a realização do transplante de medula óssea da Marta, a menina de cinco anos a quem foi diagnosticada leucemia em Fevereiro, relevou ao DN a tia da criança, Maria João Drey. Depois de ter sido internada na segunda-feira à noite no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, Marta vai agora ser submetida a um tratamento agressivo de quimioterapia durante nove dias, só depois poderá ser feito o transplante, com células de um dador português.

"Esta é a fase final do processo de tratamento, mas é a mais dura", confessa a tia da menina de cinco anos. Ainda assim, Marta "entrou confiante no hospital porque lhe dissemos que era o último internamento grande", explica Maria João Drey.

O internamento pode durar até três meses após a transplantação de medula e durante todo este tempo, Marta vai ficar numa zona de isolamento total. "Só os pais é que podem entrar e todos desinfectados como se fossem fazer uma cirurgia", refere a tia da criança de cinco anos.

A família reafirma a confiança na recuperação de Marta depois do transplante. E Maria João Drey não esquece as milhares de mensagens de apoio e a solidariedade de todos os que se juntaram à página da rede social Facebook, onde durante meses se apelou à inscrição das pessoas como dadoras de medula óssea. "Temos confiança e continuamos a acreditar que é possível", sublinha, acrescentando que "o apoio de todas as pessoas foi muito importante e acreditamos que a união faz a força".

O tipo de leucemia que foi diagnosticada a Marta é uma das mais graves e, por isso, o transplante era inevitável. Durante três meses, a família fez vários apelos através da Internet e organizando colheitas de medula óssea, originando uma onda de solidariedade que levou 13 mil pessoas a inscreverem-se como dadoras.

Os registos internacionais encontraram dois dadores com- patíveis em Espanha e nos EUA. Mas foi o dador português o es- colhido para o transplante.




Texto in DN online, 29-7-2009

Estudo: Escrever SMS ao volante aumenta risco 23 vezes...


«Estudo publicado nos Estados Unidos defende que escrever mensagens quando se está a conduzir é mais perigoso do que atender o telemóvel.

O principal problema vem do facto do condutor ser obrigado a desviar os olhos da estrada para poder dactilografar a sua mensagem, sublinha o inquérito, realizado pelo Virginia Tech Transportation Institute (VTTI).

Geralmente, as tarefas que obrigam o condutor a baixar os olhos são as que apresentam o maior risco de acidente, sublinha o VITI.
No caso dos textos de SMS (mensagens curtas), o estudo mostrou que o condutor pode desviar o seu olhar durante um período que pode ir até a seis segundos.

"Isso equivale a percorrer o comprimento de um terreno de futebol (uma centena de metros) a cerca de 90 km/h sem olhar para a estrada", sublinha o estudo.

"Discutir ao telefone permite aos condutores manter os olhos na estrada e não representa um risco tão grande para a segurança", prossegue o estudo.

O VTTI indica igualmente que o simples facto de escrever um número de telefone, uma acção que também implica baixar os olhos, aumenta o risco de acidente 2,8 vezes, para os veículos ligeiros.

Este risco reduz-se ligeiramente, para 1,3 vezes, durante a conversação.

Procurar um objecto no seu automóvel coloca igualmente em perigo o condutor, num risco 1,4 vezes maior.

Estes resultados são diferentes para os veículos pesados: o risco enquanto se escreve um número é 5,9 vezes maior e 6,7 vezes para procurar um objecto. Mas é sensivelmente idêntico para escrever SMS (23,2).

Consequentemente, o VITI apela à proibição de escrever SMS ao volante.

De acordo com o diário "New York Times", esta proibição já existe em 14 dos 50 Estados norte-americanos.

Para o seu inquérito, o VTTI utilizou aparelhos que permitem observar o comportamento de condutores no equivalente a 10 milhões de quilómetros de estrada.»
in JN online, 29-7-2009

Foi dito por Domingos Amaral, director da GQ...

"A história só retém o que altera a vida das pessoas, não o entretenimento, e para a história as energias renováveis vão ficar".


Domingos Amaral, director da GQ, "Correio da Manhã", 29-07-2009, reproduzido no Público online.

Foi dito por Clara de Sousa, jornalista da SIC...

"Ou um ou outro, senão ninguém se entende."


Clara de Sousa, jornalista da SIC, ontem durante o primeiro frente-a-frente entre os candidatos do PS e do PSD à Câmara de Lisboa, tentando moderar o debate entre Pedro Santana Lopes e António Costa. Público, 29/07/2009, reproduzido no Expresso online.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Estudo: Vinho tinto aumenta líbido feminina...



Uma pesquisa italiana garante que o consumo moderado de vinho tinto pode aumentar a líbido sexual feminina. O estudo da Universidade de Florença foi feito com 798 mulheres entre os 18 e os 50 anos, na região da Toscana.

Os alvos de estudo foram divididos em três grupos, mediante o hábito de consumo de vinho: as que consomem entre uma ou duas taças de vinho; as que não consomem vinho e as que bebem mais de dois copos. Todas elas, mulheres sexualmente activas e saudáveis, responderam depois a um questionário de 19 perguntas sobre sexo. O questionário em questão, criado especialmente para o efeito, pretendia medir o índice FSFI (Female Sexual Function Index), uma medida usada para determinar os níveis da sexualidade feminina.

O grupo que apresentou os maiores índices de desejo sexual, de acordo com as respostas dos questionários, foi o das consumidoras dos mais de dois copos de vinho.

No entanto, os investigadores fazem uma ressalva em relação aos resultados: "não foi encontrada nenhuma diferença entre os grupos em relação à incitação, satisfação, dor e orgasmo", afirmam os cientistas no artigo publicado na revista científica Journal of Sexual Medicine.




Texto de Nelma Viana, in "i" online, 28-7-2009

Foi dito por Vital Moreira...

"O Estado social de que Portugal hoje beneficia é essencialmente uma criação do Partido Socialista"


Vital Moreira, in Público online, 28-7-2009

Foi dito no Editorial do Diário de Notícias...

"[Joana Amaral Dias] deveria já ter vindo a público esclarecer tudo o que há para esclarecer (...) Não o ter feito ainda, com o avolumar de suspeitas dos últimos dias, está tornar o seu silêncio ensurdecedor"


Editorial DN, 28-07-2009, reproduzido no Público online.

Foi dito por Manuel Pinho, ex-ministro da Economia...

"Não tenho saudades, então da forma como se faz política em Portugal, não tenho saudades rigorosamente nenhumas."



Manuel Pinho, à entrada de um jantar de homenagem com 100 empresários de diversos sectores, o ex-ministro da Economia, admitiu não sentir saudades da política activa e garante "isso agora acabou, agora a minha vida é outra." SIC online, 28/07/2009, reproduzido no Expresso online.

O pior cego é o que não quer ver

(clique na imagem para a ver maior)

Trabalho de Luís Faustino in Expresso online, 28-7-2009

Joana Amaral Dias...


segunda-feira, 27 de julho de 2009

Daniel Oliveira excluído das listas do Bloco que Está a Perder o Encanto...


«Confrontado com informações que dão conta da sua exclusão das listas do Bloco de Esquerda pelo círculo de Lisboa às próximas legislativas de 27 de Setembro Daniel Oliveira, lacónico, limita-se a dizer que "não confirma, não desmente e não comenta".

Já Francisco Louçã, líder do BE, adianta apenas que "não comenta boatos" e lembra que as listas para Lisboa foram votadas por consenso, existindo uma perfeita sintonia de posições entre ele, Luís Fazenda, o líder parlamentar e candidato à Câmara de Lisboa e Miguel Portas, eurodeputado.

Ex-assessor de imprensa do BE no Parlamento, Daniel Oliveira é actualmente colunista no jornal Expresso e um dos participantes do programa da SIC O Eixo do Mal".

Participa igualmente no blogue Arrastão - onde escreve igualmente Pedro Sales, actual assessor de Imprensa do BE - que nos informa estar este estar a seguir um percurso de três semanas de férias que sucessivamente o levam a Beirute, Byblos e Baalbek (Líbano) e em Jerusalém e Telavive (Israel).

Jornalista de profissão, Daniel Oliveira integrou o PCP de onde saiu tal como o eurodeputado Miguel Portas ou João Semedo.

Em Janeiro deste ano, num texto escrito para a edição portuguesa do Le Monde Diplomatique Daniel Oliveira admitia que "uma das angústias da esquerda, depois de tantos anos de recuo político, é a ausência de um programa congregador para a conquista do poder. Antes de convergirem, têm as esquerdas de construir um programa comum? Não. A esquerda só saberá o que fazer se acreditar que o fará. A construção de um programa comum não é a condição para convergências para a conquista do poder de Estado. O programa nasce, sempre nasceu, da necessidade. As soluções são sempre uma resposta a problemas. O programa comum será, assim, uma consequência".

Refira-se que o seu irmão José Guilherme Gusmão, um economista de 33 anos e membro da Comissão Política do BE, vai ser o cabeça-de-lista pelo distrito de Santarém.»
in DN online, 27-7-2009

Foi dito por Carlos Abreu Amorim...

"Nenhum dos figurantes sai bem nesta ópera bufa: Sócrates jurou e toda a gente duvidou, Louçã fez escarcéu a mais e JAD [Joana Amaral Dias] deveria saber que há convites que não devem ser vozeados para a praça pública".


Carlos Abreu Amorim, jurista, "Correio da Manhã", 27-07-2009, reproduzido no Público online.

Das consequências da gripe A

(clique sobre a imagem para a ver maior)

Trabalho de Luís Faustino in Expresso online, 27-7-2009

Foi dito por José Sócrates...

"Já não vejo a Joana Amaral Dias há pelo menos três anos."


José Sócrates, o líder do PS, desmentiu categoricamente ter oferecido à militante bloquista Joana Amaral Dias um lugar de Estado em troca de apoio às listas socialistas para as legislativas. Público online, 27/07/2009, reproduzido no Expresso online.

domingo, 26 de julho de 2009

Brasil: Romário condenado a três anos e meio de prisão...

O antigo futebolista brasileiro Romário, campeão do Mundo pela "canarinha" em 1994, foi condenado a três anos e meio de prisão devido a evasão fiscal.



Uma vez que este é o primeiro delito de Romário e a pena é inferior a quatro anos, o castigo pode ser trocado por trabalhos comunitários durante este período.

Romário, que tem vindo a acumular problemas com a justiça nos últimos anos, vai ainda pagar cerca de 625.000 euros por "omissão de informação às finanças sobre rendimentos obtidos entre 1996 e 1997", período em que jogava no Flamengo.

Segundo as próprias contas, Romário é, juntamente com Pelé, o único futebolista do mundo a marcar mais de 1.000 golos.
in DN online, 26-7-2009

Foi dito por Alberto João Jardim...


"Temos de lutar para acabar com o fascismo"
.
.
in JN online, 26-7-2009

Coreografia do casamento de Kevin e Jill Peterson é um sucesso no YouTube...

Noivos, padrinhos, damas de honor: Todos a entrar na igreja a fazer uma coreografia, ao som de Chris Brown. O vídeo do original início de casamento é já um sucesso no YouTube, com mais de seis milhões de visitas. (Veja o vídeo no fim do texto)



Que no YouTube existem inúmeros vídeos de casamentos não é novidade para ninguém. Contudo, o de Kevin e Jill Peterson tornou-se num verdadeiro sucesso: É que no início da cerimónia, o casal, os padrinhos e as damas de honor surpreenderam os restantes convidados com uma animada coreografia, ao som de "Forever", de Chris Brown.


Em apenas uma semana o vídeo já foi visto mais de seis milhões de vezes e tem cerca de 35 mil comentários. Em entrevista à NBC, o casal do Minnesota explicou que a ideia da coreografia foi da noiva, sendo uma forma de "expressar e partilhar a alegria" que sentia por se casar.


O vídeo dura apenas cinco minutos e, dizem os noivos, a dança foi ensaiada apenas uma vez antes da cerimónia. Tirando os participantes na coreografia, mais ninguém sabia que a entrada na igreja seria feita daquela forma.






Texto e vídeo in Expresso online, 26-7-2009

Cristoteca: A "discoteca cristã" está no meio de nós...

Cristoteca procura atrair jovens para a Igreja, juntando música, dança, oração e evangelização, numa "diversão limpa". Nada de álcool ou outras drogas. Só "alegria". Nasceu no Brasil, há cinco anos, mas ainda é novidade por cá.



Os corpos agitam-se, ao ritmo da música, na penenumbra rasgada por focos de luz. Ouvem-se risos, gritos de entusiasmo, improvisam-se coreografias. Mas naquela sala em festa ninguém tem um copo na mão. Não há fumo. Nem bola de espelhos. Só a figura da Virgem Maria, iluminada, no palco, parece fitar-nos.

Bem-vindo à Cristoteca, a "discoteca cristã" que faz furor no Brasil e acaba de chegar a Portugal. É sábado à noite e estamos no Salão do Bom Pastor, no Centro Pastoral Paulo VI, em Fátima. Rafael Ferreira, missionário de 26 anos, abandona a pista para falar da iniciativa surgida há cinco anos, no Brasil, pela mão da comunidade católica a que pertence, a Aliança de Misericórdia.

"A Cristoteca foi criada com o objectivo de ir buscar os jovens que estão longe da Igreja. Pensámos: por que não colocar Jesus na diversão dos jovens? Esta é uma diversão sadia, limpa, pura". Uma maneira de dizer: sem os aditivos que corroem vidas. Álcool, drogas. Rafael sabe, porque foi dependente de ambos.

No Brasil, onde há "Cristotecas" a funcionar madrugada dentro - de forma fixa ou pontual - em pelo menos 35 cidades, servem-se as chamadas "Cristodrinks". São bebidas não alcoólicas. Mas mesmo essas estão ausentes deste evento, de entrada gratuita, o segundo do género a realizar-se em Portugal. A estreia deu-se no Seixal, no mês passado, e superou as expectativas. "Começou com uns 20 jovens e, no final, havia uns 100", lembra Rafael, satisfeito.

O missionário gosta de pensar na Cristoteca como "um ambiente alternativo para os jovens", que pode ajudar, precisamente, aqueles que têm problemas ligados à droga, ao álcool, à criminalidade ou à prostituição. Nesta, há casos desses. Pessoas que a Aliança de Misericórdia trouxe da periferia de Lisboa (a casa de missão fica na capital). Não é por acaso que, num momento de acalmia, Rafael diz ao público que Cristo aplaude, sempre, quem chegou em último lugar na corrida. E há comoção do outro lado.

"O nosso objectivo é ir atrás daqueles que estão longe. A Cristoteca nasceu para essas pessoas", insiste Rafael Ferreira, em conversa com o JN. Sempre de acordo com os parâmetros da Igreja, com uma forte vertente formativa. Por isso começa com uma eucaristia, por isso se interrompe a música, de tempos a tempos, para momentos de oração e reflexão. Os missionários também se mostram abertos a conversas, desabafos.

"Há princípios, para se ter uma Cristoteca. Não é só colocar música, luz e... vamos dançar!", salvaguarda, por seu lado, Cristiane Silva, da comunidade brasileira Canção Nova (parceira da Aliança de Misericórdia na organização do evento). Aliás, no Brasil, os interessados em organizar uma Cristoteca nas suas paróquias recebem formação específica.

"A Cristoteca é só um acessório da evangelização", clarifica Rafael Ferreira. A jovem directora da televisão da Canção Nova em Fátima - Cristiane tem 33 anos - concorda. E vai mais longe: "O nosso objectivo é atrair jovens para Deus e, a partir disso, inseri-los na realidade da Igreja. A Igreja não é careta, não é um sistema falido, como se diz. Pelo contrário! Está viva".

Celina Ferraz, de 20 anos, viajou de Paço d'Arcos, propositadamente, para esta celebração católica. "Nem pensei duas vezes!", conta, animada. Depois, conclui: "É uma noite livre, mesmo. Estou só sob o efeito da minha alegria!". Francisco Homem tem 15 anos e também nota diferenças: "Aqui não há tanto barulho. Sinto-me bem".

Mas não se leia, nos discursos de Rafael e Cristiane, uma crítica à discoteca comum. Ele chegou a ser frequentador assíduo. Ainda assim, destaca um ponto a favor da Cristoteca: "O jovem diverte-se, vai para casa e, quando acorda, não tem ressaca. Acorda a pensar 'conheci pessoas, participei numa missa e entendi que Deus estava comigo lá a dançar!" .


Texto de Carina Fonseca in JN online, 26-7-2009

José Sócrates: "Não respondo a insultos e baixa política"...

«O primeiro-ministro reage assim às declarações de Santana Lopes, que numa entrevista afirmou: "de mim nunca disseram que me licenciei a um domingo".

secretário-geral do PS, José Sócrates, recusou-se hoje a reagir ao candidato do PSD a presidente da Câmara de Lisboa, Santana Lopes, dizendo que os socialistas não respondem a "insultos" e à baixa política".

Em entrevista ao jornal "I", hoje publicada, Pedro Santana Lopes afirma: "de mim nunca disseram que me licenciei a um domingo". Na conferência de imprensa de apresentação do programa eleitoral do PS, que se seguiu a uma reunião da Comissão Nacional deste partido, Sócrates foi confrontado com esta declaração do seu antecessor no lugar de primeiro-ministro. "Este não é o momento para responder a insultos", reagiu o secretário-geral.

José Sócrates considerou depois que a afirmação de Pedro Santana Lopes "faz parte da baixa política e da maldicência, em relação às quais o PS sempre respondeu, assim como eu próprio, com a superioridade de quem quer fazer uma campanha dirigindo-se aos portugueses, mobilizando-os para vencer a crise e fazer avançar o país".»


in Expresso online, 25-7-2009

sábado, 25 de julho de 2009

Sócrates é traficante...

...Diz o Chico do Bloco de Folclore.


«Francisco Louçã acusou hoje José Sócrates de tráfico de influências ao ter oferecido à militante bloquista Joana Amaral Dias um lugar de Estado em troca de apoio às listas socialistas para as legislativas.

Falando no almoço-comício numa associação recreativa do Barreiro, em que apresentou a lista do bloco de esquerda (BE) para as legislativas no distrito de Setúbal, Francisco Louçã felicitou Joana Amaral Dias por ter recusado apoiar as listas socialistas numa primeira investida do PS em busca do apoio da militante do Bloco.

"Acontece, no entanto, que voltou a convidá-la para cargos de Estado em troca de um eventual apoio, seja a chefiar um instituto público na área da saúde, seja num qualquer lugar de Governo. Isso mostra-nos o desespero em que está o PS", acusou o coordenador do BE, que foi mais longe nas suas acusações.

"Mostra-nos uma forma de política menor, de vergonha, que é uma política que oferece lugares de Estado, que trafica influências e oferece lugares a troco de algum apoio. Isto é uma vergonha, é a forma de governar em maioria absoluta, é pensar que o Estado é de um partido, mas não é. A democracia não permite traficâncias", defendeu Francisco Louçã. »

in DN online, 25-7-2009

Foi dito por Pedro Santana Lopes...

«De mim nunca disseram que não era licenciado, ou que fiz quatro cadeiras com o mesmo professor, ou que me licenciei num domingo»


in "i" online, 25-7-2009

Foi dito por João Cordeiro, presidente da Associação Nacional de Farmácias...

"O primeiro-ministro mentiu, voltou a mentir, mentiu repetidamente nas várias reuniões que mantivemos ao longo dos quatro anos"


in JN online, 24-7-2009

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Ensaio sobre a cegueira hospitalar...


Cartoon de Rodrigo in Expresso online, 24-7-2009

Foi dito pelo deputado Alberto Martins...

"Com a tua coragem e ideal não vais partir para fazer o papel do vagabundo, que atira pedras aos pássaros e ao sol."


Alberto Martins, deputado do PS, ontem no Parlamento, dirigindo-se a Manuel Alegre no último dia do histórico socialista após 34 anos como deputado no Parlamento. Diário de Notícias, 24/07/2009, reproduzido no Expresso online.

Foi dito por Elisa Ferreira...

"Vou ganhar a Câmara do Porto"

'i' online, 24-7-2009



Ouvi na TSF...

«em Portugal há uma Justiça para ricos e outra para pobres»

«o grande falhanço deste Governo chama-se Justiça»


Rui Rangel, juiz desembargador, presidente da Associação Juízes pela Cidadania, TSF (Telefonia Sem Fios), 24-7-2009

PSD: Um programa eleitoral para chegar às pessoas...

(clique sobre a imagem para a ver maior)





Trabalho de Luís Faustino in Expresso online, 24-7-2009

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Foi dito por Manuel Alegre...

"Foi uma honra ter sido deputado durante 34 anos"

in Público online, 23-7-2009



Dias Loureiro: Férias no Algarve "à grande e à francesa"...



«Manuel Dias Loureiro está a preparar-se para a 'grande luta' que afirma ter pela frente no recato luxuoso da Quinta do Lago, Algarve. O político e empresário instalou-se numa vivenda no Parque Atlântico, uma das zonas mais requintadas daquele destino turístico para elites, onde se alugam vivendas para férias a dez mil euros por semana, incluindo mordomias.

No mesmo mês em que foi constituído arguido no caso BPN, poucos dias após ter renunciado ao cargo de conselheiro de Estado, o antigo ministro mantém-se discreto na Quinta do Lago. Ontem só saiu de casa ao final da tarde, para ir a um centro comercial. A conduzir a viatura ia uma das duas mulheres que o acompanhavam. Loureiro resguardou-se dos olhares curiosos por detrás de vidros fumados. O objectivo era uma garrafeira, onde escolheu bebidas.




Texto e foto in CM online, 23-7-2009

Foi dito por Alberto João Jardim...


"Se até há a Opus Gay por que razão não há-de haver partidos regionais."



Alberto João Jardim, no parlamento madeirense defendendo a proposta de revisão constitucional do PSD/Madeira. Diário de Notícias, 23/07/2009, reproduzido no Expresso online.

Berlusconi: “Não sou santo”...

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, acossado por vários escândalos sexuais, admitiu ontem que “não é nenhum santo”. “Mas isso todos já sabiam”, acrescentou.



Texto in CM online, 23-7-2009

terça-feira, 21 de julho de 2009

Assista ao maior eclipse solar do século...(directo)...

Se não está na Ásia, pode acompanhar o fenómeno pela internet. O próximo é só em 2132.


Quando forem 02:35:21 em Portugal, a sombra da Lua ocultará completamente o Sol durante 6 minutos e 39 segundos, mas só os chineses poderão observar o eclipse solar mais longo do século na totalidade.
.
.
Se não quiser perder este fenómeno raro, pode acompanhá-lo aqui: http://www.eclipsesolar.es/live.html
.
.
O sul da região autónoma do Tibete e as províncias do centro da China, bem como a cidade de Xangai, serão locais privilegiados para observar o fenómeno, que ocorre por volta das oito da manhã no país. Na China, o eclipse já provocou um boom turístico, enquanto na Índia, acordou velhas mitologias que anunciam maus presságios. O eclipse será visível numa faixa de 17 mil quilómetros de comprimento e 200 de largura. Poderá então ser visto parcialmente no norte da Índia, leste do Nepal, Bangladesh, Butão, Myanmar, oceano Pacífico e ilhas meridionais do Japão. "Este eclipse é importante porque ocorre quando a lua está mais perto da Terra e, por isso, o seu diâmetro aparente é maior. Além disso, acontece numa região próxima da linha do equador, o que propicia uma duração mais longa", explicou ao i o astrónomo Máximo Ferreira. Cientistas de todo o mundo vão aproveitar a ocasião para estudar a actividade e a atmosfera do astro-rei, além de experiências para comprovar a teoria de que a gravidade do planeta diminui durante um eclipse solar.
Texto in jornal "i" online, 21-7-2009

Foi muito bem dito por António Guterres...




António Guterres, alto-comissário das Nações Unidas para os Refugiados, in Público online, 21-7-2009

Faltará muito para Oliveira e Costa pedir uma indemnização ao Estado português?


«O juiz de instrução que está com o caso BPN decidiu hoje levantar a prisão preventiva como medida de coacção a Oliveira Costa. O antigo presidente do BPN, e que foi o primeiro arguido deste processo, vai ficar em prisão domiciliária.

À saída do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), no Parque das Nações, em Lisboa, Leonel Gaspar, advogado de Oliveira Costa, acrescentou em declarações aos jornalistas que o seu constituinte ficará também com pulseira electrónica.

Hoje de manhã o arguido José Oliveira Costa, que está em prisão preventiva, foi conduzido ao TCIC para ser ouvido no âmbito do requerimento para a sua libertação.

No âmbito da investigação ao caso BPN, Oliveira Costa foi constituído arguido em 20 de Novembro de 2008, encontrando-se em prisão preventiva desde 21 de Novembro, por decisão do juiz de instrução. O advogado do antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais adiantou aos jornalistas que, devido a formalidades legais a cumprir, Oliveira e Costa só dentro de dois dias passará do regime de prisão preventiva para a situação de prisão domiciliária com pulseira electrónica.

Os arguidos conhecidos neste processo são Arlindo de Carvalho, José Neto e outro administrador da sociedade de gestão e exploração imobiliária Pousa Flores, à qual o ex-ministro da Saúde tem ligações, Oliveira e Costa, ex-presidente da instituição bancária, Dias Loureiro, ex-administrador da Sociedade Lusa de Negócios (SLN), que detinha o banco, e Coelho Marinho, antigo administrador do BPN.

Por proposta do Governo, a Assembleia da República aprovou a nacionalização do BPN a 05 de Novembro de 2008, depois da descoberta de um "buraco" de 700 milhões de euros, que durante anos terá sido ocultado do supervisor através do Banco Insular de Cabo Verde.

O caso BPN está a ser investigado pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), chefiado pela procuradora-geral adjunta Cândida Almeida. »




Texto in Público online, 21-7-2009

Acidente mortal de Henry Surtees...(vídeo)...

«Henry Surtees foi ferido em um grave acidente durante a segunda prova da rodada dupla da F-2 em Brands Hatch, neste domingo, 19/07/09. O piloto de 18 anos de idade, filho de John Surtees, campeão mundial de F-1 em 1964, foi atingido na cabeça pela roda traseira do carro de Jack Clark, que havia batido no muro. Surtees perdeu o controle do carro e também bateu na protecção de pneus na curva Sheene. Desacordado, o piloto foi retirado do carro, levado para o centro médico do circuito e em seguida transferido a um hospital local. No final do dia foi confirmada a morte do jovem piloto.»

in http://www.youtube.com/watch?v=t6zKHMRMRbQ

Foi dito pelo super-ministro Fernando Teixeira dos Santos...

"Quem tem razões para estar cansado sou eu."


Fernando Teixeira dos Santos, ministro de Estado e das Finanças e da Economia e da Inovação, comentando o pedido do presidente do Conselho de Administração do Banco Privado Português (BPP), Fernando Adão da Fonseca, feita ao Banco de Portugal para que proceda à substituição da sua equipa, invocando desgaste. Diário Económico, 21/07/2009, reproduzido no Expresso online.

"Se queres um amigo para sempre, dá-lhe porrada"...

"A proposta de proscrição do PCP não é só descabida mas também uma demonstração de intolerável sectarismo político"


Vital Moreira, in Público online, 21-7-2009


Nota:
Ao ler esta opinião deturpadora de Vital, veio-me à memória um ditado popular que considero estúpido, mas...reza mais ou menos assim: "Se queres um amigo para sempre, bate-lhe"...

Uma promessa eleitoral para cumprir, infelizmente...


Luís Faustino in Expresso online, 21-7-2009

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Mais um homem do Presidente...

...a contas com a Justiça.

«O advogado do ex-ministro da Saúde Arlindo de Carvalho, que é arguido no caso BPN, disse que o interrogatório pelo juiz Carlos Alexandre foi interrompido pouco depois das 17:00, devendo ser retomado nos próximos dias.»

Lusa, 20-7-2009



Costa Freire, José Oliveira e Costa, Manuel Dias Loureiro, Arlindo de Carvalho...até parece que Cavaco os escolheu a dedo...

Saltos gigantes de ontem e de hoje...


Cartoon de Rodrigo in Expresso online, 20-7-2009

Foi dito pelo jornalista António Ribeiro Ferreira...

"Neste sítio um ministro pode ir para a rua por um par de cornos infantis ou por uma piada de mau gosto. As roubalheiras, os negócios escuros, os compadrios, a corrupção a céu aberto e o tráfico de influências, não só são tolerados como premiados nas urnas".


António Ribeiro Ferreira, jornalista, "Correio da Manhã", 20-07-2009, reproduzido no Público online.

Foi dito por Maria Baptista...

"Então não foi o Américo Tomás?"


Maria Baptista, 94 anos, na versão desta habitante de Querença, uma aldeia no interior do concelho de Loulé, o Almirante Américo Tomás foi o 1.º homem a pisar a lua, isto porque há 40 anos atrás, em Portugal, o regime impôs-se à história e o telejornal do dia seguinte à chegada do homem à lua, deu prioridade à visita do então Presidente da República a uma fábrica de cimento em Pataias, Alcobaça. TSF, 20/07/2009, reproduzido no Expresso online.

Cartoon rasgado...


Cartoon de António, dedicado a Manuela 'rasga tudo', in Expresso online, 20-7-2009

domingo, 19 de julho de 2009

Foi dito por Miguel Sousa Tavares...

"Há um mal profundo, um défice de cidadania dos portugueses, que é muito preocupante. Não sei se Portugal é governável, sinceramente."


Miguel Sousa Tavares, escritor, "Jornal de Notícias", 19-07-2009, reproduzido no Público online.

sábado, 18 de julho de 2009

Foi dito por João Marcelino, director do Diário de Notícias...

«Alberto João Jardim é um provocador, mas tem razão: o texto constitucional português, se quer condenar ditaduras, deverá, no futuro, não discriminar nenhuma.»


João Marcelino, jornalista, "Diário de Notícias", 18-07-2009, reproduzido no Público online.

São do PSD os cinco mais 'BALDAS' do Parlamento...




«Cinco deputados do PSD são os mais faltosos da legislatura

Os deputados do PSD Carlos Páscoa Gonçalves, José Cesário, Virgílio Almeida Costa, Mário David e José Pedro Aguiar Branco, por ordem decrescente, foram os mais faltosos desta legislatura, todos com mais de uma centena de faltas.

Contudo, em termos percentuais, a socialista Marta Rebelo, eleita por Lisboa, foi quem mais faltou ao plenário, uma vez que só foi deputada durante as duas últimas sessões legislativas e, num total de 180 reuniões, deu 58 faltas: nove ainda por classificar, nove justificadas com trabalho político e 39 por doença.

Estes dados foram consultados pela agência Lusa nos registos oficiais das presenças e faltas dos deputados que a Assembleia da República disponibiliza na sua página da Internet (www.parlamento.pt).

O deputado mais faltoso ao longo dos cerca de quatro anos e meio desta legislatura, em que se realizaram mais de 460 reuniões plenárias na Assembleia da República, foi o social-democrata Carlos Páscoa Gonçalves, eleito pelo círculo de Fora da Europa.

Carlos Páscoa Gonçalves deu 146 faltas e justificou-as todas, 141 com trabalho político e uma com motivo de força maior. As restantes quatro aparecem nos registos como justificadas, mas sem especificação do motivo.

O segundo deputado com mais faltas foi José Cesário, do PSD, também eleito pelo círculo de Fora da Europa, surgindo com 140 faltas registadas, 124 por trabalho político, uma por doença e 15 justificadas sem motivo especificado.

O deputado do PSD Virgílio Almeida Costa, eleito por Braga, que ficou em primeiro lugar nas faltas da primeira sessão legislativa, acabou a legislatura em terceiro lugar, com um total de 122 faltas, 58 por trabalho político, 35 por doença, quatro por luto e 25 justificadas sem motivo especificado.

Com mais de cem faltas estão ainda os sociais-democratas Mário David (136 no total, 121 por trabalho político, cinco por classificar e 10 justificadas sem motivo especificado) e José Pedro Aguiar Branco (105 no total, três injustificadas, 81 por trabalho político, duas por doença e 19 sem justificação especificada) e a socialista Maria Carrilho (103 no total, 69 por trabalho político, 23 por doença e 11 justificadas sem motivo especificado).

Entre os mais faltosos desta legislatura estão também a socialista Alcídia Lopes e o social-democrata Jorge Pereira (com 98 faltas cada um), o presidente do CDS-PP, Paulo Portas (92), Jorge Neto, do PSD (91), Pedro Pinto, do PSD (89), e o ex-deputado e líder parlamentar do PSD Paulo Rangel (83), agora eurodeputado.

Paulo Rangel teve o mandato suspenso durante mais de cem reuniões plenárias, na segunda e na terceira sessões legislativas, constando apesar disso entre os mais faltosos, com as referidas 83 faltas.»




Texto e primeira foto in Público online, 18-7-2009

sexta-feira, 17 de julho de 2009

As manchetes do passado...


Cartoon de Rodrigo, in Expresso online, 17-7-2009

Francisco Louçã iniciou apoio (discreto) a Pedro Santana Lopes...


«Francisco Louçã desfere um violento ataque ao candidato do PS à Câmara de Lisboa. Para o líder do Bloco de Esquerda, António Costa "é o contrário" de Jorge Sampaio, que há 20 anos liderou uma coligação de esquerda.

"António Costa em 2009 é o contrário de Jorge Sampaio em 1989", escreve Francisco Louçã, em artigo publicado no site do Bloco de Esquerda na Internet.

Francisco Louçã salienta as "diferenças" entre os dois socialistas - Costa "separa", enquanto Sampaio "uniu" -, justificando assim a recusa de qualquer possibilidade de entendimento com o PS para a Câmara de Lisboa.

Segundo o coordenador do Bloco de Esquerda, António Costa fez "um apelo a um arranjo eleitoral sem ideias, a três semanas do prazo de apresentar candidaturas". Foi "um acto de desespero" - ao contrário da "coragem e ousadia" demonstradas por Jorge Sampaio há duas décadas -, diz Louçã.»

in Expresso online, 17-7-2009




Nota:
Sobre Pedro Santana Lopes, o que diz o Chico do Folclore? Nada...rigorosamente nadinha.

Uma fraude nunca vem só...


«A candidata do Partido Socialista à Câmara Municipal do Porto, Elisa Ferreira, conta a partir de agora com o nome do cidadão Jorge Nuno Pinto da Costa na sua Comissão de Honra.»
in JN online, 17-7-2009

Críticas de saco roto dirigidas a saco nu...

"Depois do que se passou no BCP, no BPN e no BPP, o facto de nem se terem dado ao cuidado de encontrar um director de supervisão bancária diz tudo sobre a desfaçatez desta administração do Banco de Portugal"


Paulo Portas, líder do CDS-PP, criticando a inexistência de um substituto do director de supervisão do Banco de Portugal, ontem no Parlamento em declarações aos jornalistas. Público 17/07/2009, reproduzido no Expresso online.

"Os socialistas não têm sido suficientemente socialistas", diz Mário Soares no "El País"...

«Num artigo publicado no "El País" , Mário Soares interroga-se sobre as razões que levaram a abstenção a afectar sobretudo a esquerda nas eleições europeias. "Na minha opinião, porque os socialistas não têm sido suficientemente socialistas e, com frequência, quando estão nos Governos deixam-se 'colonizar' pelo neoliberalismo, a doutrina da direita dominante na época de Bush. Será que os amigos de Bush podem continuar na Europa ocupando postos de responsabilidade, quando a América do Norte de Obama procura encontrar um 'novo paradigma' para resolver a crise e está a mudar o seu próprio estilo de fazer política?" A quem se referirá Mário Soares? »


in Expresso online, 17-7-2009

Alberto João Jardim quer extinção do comunismo na Constituição...

A História já tratou disso...mas, formalmente, Jardim não deixa de ter alguma razão... "o esclarecimento de que a democracia não deve tolerar comportamentos e ideologias autoritárias e totalitárias, não apenas de Direita - como é o caso do Fascismo, esta expressamente prevista no texto constitucional - como igualmente de Esquerda - como vem a ser o caso do Comunismo, não previsto no texto constitucional"...

Eu, Alberto João (o outro), acho que devia ser proibido proibir ideologias...

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Formiga com miúfa da cigarra...


Trabalho de Luis Faustino, in Expresso online, 16-7-2009

Foi dito por Vítor Constâncio...

"O pior ainda não passou."


Vítor Constâncio, este foi o retrato que o governador do Banco de Portugal, esboçou ontem durante a sessão de apresentação no Parlamento do Boletim Económico de Verão para 2010. Segundo as previsões as várias componentes do PIB - exportações e importações, consumo privado, investimento e procura interna vão contrair menos, mas não sairão do vermelho. Diário Económico, 16/07/2009, reproduzido no Expresso online.

Foi dito por Pedro Camacho...

"Algo tem de estar muito mal neste país para que 65 por cento dos portugueses defendam a prisão perpétua e 26 por cento concordem com a pena capital".


Pedro Camacho, "Visão", 16-07-2009, reproduzido no Público online.

Música de José Afonso continua viva nas muitas versões dos seus temas, afirmou a historiadora Irene Flunser Pimentel...



«Lisboa, 15 Jul (Lusa) - A música de José Afonso continua viva nas muitas versões de temas do cantor que continuam a ser feitas "por diversos intérpretes, portugueses e estrangeiros, e nos mais variados registos musicais", afirmou hoje a historiadora Irene Flunser Pimentel.

A autora da fotobiografia de José Afonso falava na Casa da Imprensa, onde teve lugar a apresentação da obra, publicada pelo Círculo de Leitores e pela Temas e Debates.

Segundo Irene Pimentel, "dos anos 60 até ao presente existe mais de uma centena de versões de temas cantados originalmente por José Afonso, inclusive uma versão do 'Grândola, Vila Morena' em sueco" e, segundo Joaquim Vieira, "uma outra em jazz, um estilo de que o Zeca até nem gostava". »


Lusa, 15-7-2009








quarta-feira, 15 de julho de 2009

Foi dito por Teixeira dos Santos: "Estamos a bater no fundo...

...da crise"



«O ministro das Finanças e da Economia considerou hoje, quarta-feira, que a manutenção das previsões para a queda do PIB em 2009 pelo Banco de Portugal pode indiciar que "estamos a bater no fundo desta crise", afastando ainda cenário de deflação.»

in JN online, última hora, 15-7-2009




Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.