Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Sócrates chama cobarde à sua vida política






"O sistema vive da cobardia dos políticos".
Diz Sócrates no seu último escrito de Évora.


Quem chegar agora ao planeta Terra, julga que esta criatura não foi secretário-geral do Partido Socialista, de Setembro de 2004 a Julho de 2011 e Primeiro-ministro de Portugal de 12 de março de 2005 a 21 de junho de 2011.

Quem chegar agora ao planeta Terra, julga que esta criatura não foi secretário de estado-adjunto do Ministério do Ambiente e Ministro do Ambiente e do Ordenamento do Território nos governos de António Guterres, entre Outubro de 1995 e Abril de 2002.

Quem chegar agora ao planeta Terra, julga que esta criatura não foi político profissional durante 24 anos, tendo iniciado a sua carreira em 1987, quando foi eleito pela primeira vez deputado à Assembleia da República e terminado em 2011 quando abandonou o cargo de primeiro-ministro e de secretário-geral do PS.


Ele há coisas do... isso.

Feliz sex-feira pata Todos/as


Imagem in Google

Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.