Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Holocaustos




Bom dia! 
Na minha adolescência dei comigo a admirar e a respeitar o povo Judeu.
Desde logo pelo conhecimento que fui tendo sobre o holocausto levado a cabo por ordens de Hitler, e mais tarde por um filme que marcou indelevelmente a minha memória: 'A Lista de Schindler'.
Com o passar dos anos, outras realidades e outros conhecimentos me chegaram.
O nosso Prémio Nobel José Saramago foi dos primeiros a alertar para o "Holocausto Palestino" cometido precisamente por Israel, nação formada pelo povo que sofreu o "Holocausto Judeu".
Nestes últimos dias, outras personalidades do mundo inteiro vieram a terreiro reafirmar que Israel está a cometer um autêntico genocídio na faixa de Gaza.
Sei que o assunto é complexo e sinto-me emocionalmente dividido.
Hoje, a propósito deste conflito, veio-me à memória a minha avó materna.
Quando eu era miúdo e fazia as minhas incursões "terroristas", a minha avó Eugénia, já descontrolada, gritava-me: "Ah, Judeu d'um cabrão!!!".
Porquê, avó?



Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.