Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

sábado, 13 de setembro de 2014

Natália Correia faria hoje 91 anos






Tive a honra de a conhecer pessoalmente e de ter sido seu amigo.

Foram muitos os serões que com ela passei na sua casa na Rua Rodrigues Sampaio e, mais ainda, no seu bar Botequim, no Largo da Graça, em Lisboa.

Querida Amiga Natália, esteja Você onde estiver, receba um grande Abraço de Amizade deste seu Amigo que lhe deve muito daquilo que sabe sobre Teatro, Poesia e, sobretudo, Liberdade.

Saudades de si eu sinto, Natália, muitas saudades!






Vídeos in YouTube

Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.