Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

sábado, 14 de novembro de 2015

Imaginar é preciso! É preciso Acreditar!






Imagine que não há paraíso, É fácil se você tentar,
Nenhum inferno abaixo de nós, Acima de nós apenas o céu,
Imagine todas as pessoas, Vivendo para o hoje,

Imagine não existir países, Não é difícil de fazê-lo,
Nada pelo que lutar ou morrer, E nenhuma religião também,
Imagine todas as pessoas, Vivendo a vida em paz,

Você pode dizer, Que eu sou um sonhador,
Mas eu não sou o único, Eu tenho a esperança de que um dia,
você se juntará a nós, E o mundo será como um só,
Imagine não existir posses, Me pergunto se você consegue,

Sem necessidade de ganância ou fome,
Uma irmandade de humana, Imagine todas as pessoas,
Compartilhando todo o mundo,

Você pode dizer, Que eu sou um sonhador,
Mas eu não sou o único, Eu tenho a esperança de que um dia,
Você se juntará a nós, E o mundo será como um só.


John Lennon


Pode ver este vídeo no canal 23 84 18 do MEO

Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 58 anos.