Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Opinião contra a corrente da minha Esquerda






Faz hoje dois anos que o meu Amigo António Costa decidiu disputar a liderança do PS ao então Secretário-Geral, também meu Amigo, António José Seguro.
O pretexto apresentado foi que Seguro tinha vencido as Autárquicas de 2013 e Europeias de 2014 por "poucochinho".
O desígnio apontado por Costa foi este: "A minha ambição é que a derrota histórica da direi
ta corresponda a uma vitória histórica do PS".
Eu alinhei neste pretexto e desígnio, e no dia 28 de setembro de 2014, votei em António Costa para ser o candidato do PS a primeiro-ministro.
Ora, nas Legislativas de 2015, realizadas no dia 4 de Outubro, António Costa, candidato do PS a primeiro-ministro, foi derrotado - e não foi por “poucochinho” - nas urnas pelo povo português.
Quando o país esperava por uma atitude de Humildade Democrática e conforme à Ética Republicana, e tendo em conta também o pretexto que utilizou para afastar o seu antecessor na liderança do PS e o grande falhanço no objetivo traçado (mencionados em cima), eis que Costa numa habilidade nunca antes vista em Portugal conseguiu que os partidos à sua esquerda garantissem a sua sobrevivência política.
Se o PS tivesse ganho as Legislativas de 2014 sem maioria absoluta, eu seria o primeiro a apoiar a solução encontrada, que defendo há mais de 40 anos.
Ora, acontece que António Costa e o PS foram os grandes derrotados pelos portugueses nas urnas.
Para mim, os meios não justificam os fins. Mal desde país e da humanidade, se fossemos por aí.
Até ver, há festança e foguetes no ar, veremos como esta festa vai acabar.
Boa noite! :)





 Alberto João (Catujaleno), Ribatejo, 25 de Maio de 2016
Imagem do Google

Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.