Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

segunda-feira, 18 de abril de 2016

A "linguagem sexista" do manifesto eleitoral do Bloco de Esquerda


O manifesto eleitoral que o Bloco de Esquerda apresentou para as Legislativas de 2015 tem 68 páginas.
Para não maçar demasiado os meus amigos e as minhas amigas, fui só até à página 7, e encontrei seis trechos de “linguagem sexista”, que aqui transcrevo, aos quais acrescentei, em cada um, um pequeno comentário meu:

- «A pobreza e a malnutrição atingem entre um quarto e um terço das crianças e dos idosos». Idosos? E as idosas, Catarina?  :)

- «Neste âmbito a convocação de um referendo sobre o Tratado Orçamental é uma passo essencial, permitindo, desta forma, que os cidadãos se pronunciem nas urnas sobre a camisa de forças austeritária imposta ao país». Cidadãos? E as cidadãs, Catarina? :)

- «Esta opção pelo combate à exclusão dos desempregados responde à emergência social, combate a pobreza e traduz-se num impacto imediato em termos de procura, porque os desempregados em situação de carência canalizam este rendimento para o consumo imediato». Desempregados? E as desempregadas, Catarina? :)

- «Devolução dos salários cortados aos trabalhadores da função pública». Trabalhadores? E as trabalhadoras, Catarina? :)

- «Mesmo sem controlo público da banca, estas propostas imediatas enfrentam abusos grosseiros, como os cometidos pelos banqueiros portugueses na última década». Banqueiros? E as banqueiras, Catarina? :)

- “Criação de um registo público dos beneficiários últimos de todos os veículos». Beneficiários? E as beneficiárias, Catarina? :)

Ou seja, bem pregou freira Catarina há sete meses atrás… faz o que ela diz e não o que ela faz.


Bom dia! :)

Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 58 anos.