Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Pois podemos, senhor Silva. Quando voltarmos a ter um Chefe de Estado que saiba dar-se ao respeito

"Podemos voltar a ser um país respeitado"




Cavaco Silva apresentou ontem a sua moção de candidatura, no Porto, afirmando-se o melhor candidato para "os tempos de crise e de angústia que o país atravessa". Para o atual chefe de Estado, estes não são tempos "para fantasias e experimentalismos na Presidência da República". i, 30/11/2010, reproduzido no Expresso online.


Nota do Zorate:
Cavaco não terá o meu voto. Nunca um candidato de Direita o teve.
Mas, prefiro ver Cavaco em Belém do que o fingidor Alegre.
Quando aos 14 anos (01-6-1972) comecei a trabalhar numa fábrica de malhas, em Sacavém, existia lá uma placa fixada numa parede, com um pensamento que sempre me tem acompanhado ao longo da vida:

"O falso amigo é o pior dos inimigos"
.

Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.