Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

É a TERCEIRA VEZ que Mário Soares empurra o PS para a derrota em Eleições Presidenciais






Pela TERCEIRA VEZ consecutiva Mário Soares empurra o PS para a derrota em Eleições Presidenciais:
1 - Em 2006 Soares deixou que a sua vaidade pessoal se sobrepusesse ao seu amigo Manuel Alegre, o candidato de Esquerda melhor posicionado para discutir a eleição com Cavaco. O resultado deste Narcisismo patológico valeu a Soares e ao PS uma humilhante derrota eleitoral com 14,31% dos votos.
2 - Em 2011 já com o PS e o Bloco de Esquerda a apoiarem Alegre, ressentido e raivoso Má
rio Soares decidiu empurrar Fernando Nobre para a disputa, com o objetivo principal de impedir que fosse criada uma dinâmica de vitória em torno do candidato apoiado pelo PS.
3 - Em 2016 Soares não resistiu, mais uma vez, à sua imponente vaidade pessoal e obrigou a direcção e máquina do PS a envolverem-se num apoio atípico a um candidato por si escolhido à revelia dos órgãos do partido que ajudou a fundar, mas do qual sempre se julgou dono.
Quando a história julgar Mário Soares é óbvio que reconhecerá o papel importantíssimo que este desempenhou no combate ao regime anterior e, sobretudo, na instauração da Liberdade e Democracia em Portugal, mas ficaremos Todos a saber coisas que hoje poucas pessoas sabem acerca de um homem que é, a meu ver, um poço de vaidades exacerbadas e contradições gritantes.
Bom dia! :)

por Alberto João Catujaleno


Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 58 anos.