Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Com o gentil patrocínio de Sócrates, Jerónimo e Louçã


Direita com maioria absoluta

O PSP e o CDS elegem, em conjunto, entre 115 e 130 deputados, garantindo assim a maioria absoluta ou, na pior das hipóteses, um empate parlamentar (115-115), de acordo com a sondagem feita pelo Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica Portuguesa (CESOP), nos dias 28 e 29 de Maio, para o DN, o JN, a RTP e a Antena 1.



O PSD mantém os mesmos 36% do anterior barómetro, o que lhe pode valer entre 95 e 106 deputados, mas o PS, que estava empatado, desce agora para 31%, podendo eleger apenas entre 78 e 88 deputados. O CDS sobe de 10% para 11% (20 a 24 deputados),desfazendo o anterior empate técnico com o PCP/PEV (a margem de erro é de 1,6%), que cai de 9% para 8% (14 a 16 deputados) e vê aproximar-se o BE, que sobe de 6% para 7% (10 a 14 deputados).

Nesta sondagem, os indecisos caiem de 28% para 12% e os que recusam responder de 8% para 2%. Mas estas mudanças também se verificam porque foi alterado o método da sondagem, deixando de ser por resposta oral e passando a ser através de voto em urna (normalmente, muito mais próximo da verdadeira intenção do que quando os inquiridos respondem a uma pergunta), o que não só explica a queda drástica de indecisos e de recusas, mas também pode ter alterado a comparação perfeita com os resultados dos barómetros anteriores.


Texto e gráfico in DN online, 01-6-2011
Título do post de Zorate

Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.