Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

terça-feira, 20 de março de 2012

Caro Sócrates, já dizia o meu avô: "quem cabritos vende e cabras não tem, d'algum lado lhe vem"

.



«Com todas as letras, Augusto Ferreira do Amaral apontou em tribunal o nome de José Sócrates como sendo o destinatário de "500 mil contos" que o então ministro do Ambiente exigiu para licenciar o Freeport.»

Imagem e texto in DN online, 20-3-2012




Notas do Zorate:
Já aqui disse várias vezes que fui militante do PS mais de 20 anos.
Uma das coisas que aprendi nesses anos de militância: "em politica, aquilo que parece, é".
Na passada semana, o Correio da Manhã publicou uma noticia, não desmentida, com o seguinte título: «Sócrates gasta 15 mil euros por mês em Paris».
Ora, Sócrates está a estudar em Paris, e não se lhe conhece qualquer actividade profissional.
Donde lhe vem aqueles 15 mil euros mensais?
Já dizia o meu avô: "quem cabritos vende e cabras não tem, d'algum lado lhe vem".


Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.