Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Ensitel? Não, Obrigado!

«Uma cliente insatisfeita escreveu no seu blogue queixas sobre a Ensitel. Os advogados da marca intimaram a blogger a apagar os textos. Indignados, os internautas invadiram o Facebook e Twitter da marca com duras críticas.




A Ensitel tentou calar uma cliente insatisfeita mas, como diria a expressão popular, o feitiço acabou por se virar contra o feiticeiro. Depois de os advogados da empresa de telecomunicações terem intimado Maria João Nogueira a apagar do seu blogue pessoal os textos com queixas contra a marca, a Ensitel vê-se agora inundada via Facebook http://www.facebook.com/pages/Ensitel/147041189364 e  Twitter http://search.twitter.com/search?q=%23Ensitel de comentários de clientes indignados pela situação, que dizem ser "um atentado à liberdade de expressão".

A "novela" Maria João Nogueira vs Ensitel remonta a fevereiro de 2009, quando a blogger publicou no blogue "JonasNuts" um texto onde relatava ter recebido como presente um telemóvel Nokia E71 avariado e estar a ter dificuldades em conseguir trocá-lo nas lojas Ensitel. Desde os pormenores da avaria, aos passos que deu para reclamar e às contraditórias respostas dos funcionários, a blogger explica tudo (ver caixa nom fim do texto com links para os sete posts publicados no blogue)

O caso acabou mesmo por ir parar ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa e ao tribunal, onde Maria João Nogueira acabou por perder a causa. Os três meses de novela foram sendo publicados no espaço online da cliente insatisfeita, tornando-se este numa das primeiras páginas a aparecer nos motores de busca com a pesquisa à palavra "Ensitel".

Críticas online vão a tribunal

Ontem, a blogger voltou à carga com mais um texto sobre este tema: "No passado dia 22 fui surpreendida, ao receber uma nota de citação pessoal. Parece que a Ensitel não gosta mesmo nada dos posts que aqui escrevi sobre a minha experiência enquanto cliente deles, e acha que eu não tenho o direito de partilhar, neste meu espaço, aquilo que penso e sinto acerca da empresa". Resumindo, Maria João Nogueira recebeu uma "citação pessoal, que é um documento de 31 páginas (sim, 31)", onde é "intimada pelo tribunal a constituir um advogado. E é um procedimento cautelar", revela a blogger.

Em causa estão os textos publicados no seu blogue em 2009: "Basicamente querem que o tribunal me mande apagar os posts que escrevi sobre a Ensitel". Este novo desenvolvimento naquilo que é descrito pela própria Maria João Nogueira como uma "novela" está a gerar uma onda de indignação nos seguidores da Ensitel através do Twitter e Facebook, com mensagens de apoio à cliente insatisfeita e duras críticas à empresa de telecomunicações. Os comentários começaram por ser removidos, mas os internautas não desistem e estão literalmente a invadir os dois perfis da Ensitel demonstrando o seu desagrado.

A empresa remeteu todas as explicações para um comunicado divulgado há minutos nas redes sociais. Nesse documento, a Ensitel afirma: "A Ensitel não põe minimamente em causa qualquer tipo ou forma de liberdade de expressão, mas repudia, rejeita e não aceita ser alvo de uma autêntica campanha difamatória, assente em factos absolutamente falsos que têm como único intuito denegrir a imagem e boa reputação que a "Ensitel" construiu ao longo de 21 anos, apenas porque o cliente não se conformou com uma decisão judicial que lhe foi desfavorável". Quanto aos clientes, a empresa diz "que têm sido e continuarão a ser o maior valor da Ensitel".

Em poucos segundos, as reações dos utlizadoresnão se fizeram esperar: "tenham mas é vergonha" e "com essa atitude de desrespeito por um cliente acabaram de perder milhares!", lê-se como resposta no perfil do Facebook da Ensitel.

Leia os sete textos publicados no blogue JonasNuts:

Texto publicado a 27 de fevereiro de 2009: http://jonasnuts.com/282331.html

Texto publicado a 28 de fevereiro de 2009: http://jonasnuts.com/282476.html

Texto publicado a 16 de março de 2009: http://jonasnuts.com/284744.html

Texto publicado a 28 de março de 2009: http://jonasnuts.com/289283.html

Texto publicado a 9 de abril de 2009: http://jonasnuts.com/293071.html

Texto publicado a 22 de maio de 2009: http://jonasnuts.com/305843.html

Texto publicado a 27 de dezembro de 2010: http://jonasnuts.com/387191.html





Texto e vídeo in Expresso online, 28-12-2010
Imagem Loja Ensitel in Google
Título do post do editor deste blogue




Nota do Zorate:
Entretanto foi criada no Facebook a página 'Nunca mais compro nada na Ensitel': http://www.facebook.com/pages/Ensitel/147041189364#!/Ensitel

Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.