Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

terça-feira, 12 de abril de 2011

BPN - O banco que esCAVACOu Portugal (Parte I)


Duarte Lima foi accionista da SLN


«Domingos Duarte Lima, ex-líder parlamentar do PSD, foi accionista da Sociedade Lusa de Negócios (SLN), a antiga casa-mãe do BPN, através de uma offshore que comprou ao grupo em Março de 2001.



- Domingos Duarte Lima -


Depois de descrever a forma como Oliveira Costa, fundador do grupo SLN/BPN, usou um conjunto de sociedades offshore para obter mais-valias que lhe permitiram reforçar o controlo accionista da instituição, o inspector tributário que acompanhou a investigação ao caso BPN disse em julgamento que "a sociedade Emka foi vendida a 2,20 euros por acção a Domingos Lima".

Fonte conhecedora do processo explica que, após um conjunto de operações que colocaram Oliveira Costa como o maior accionista do grupo, a offshore Emka foi vendida a Domingos Duarte Lima com um património de 1,36 milhões de acções, o que fez do ex-líder parlamentar do PSD accionista por via indirecta. A mesma fonte adianta que o negócio rondou os 600 mil contos, ou seja, cerca de três milhões de euros, e ocorreu a 27 de Março de 2001.

Ontem, a 15ª sessão de julgamento foi marcada por uma exemplificação exaustiva dos ganhos obtidos pelo antigo banqueiro na compra e venda de acções entre sociedades por si controladas e a sua própria carteira de participações.

Segundo a testemunha, antes de Outubro de 2000 a carteira de títulos de Oliveira Costa tinha apenas 751 mil acções da SLN. Contudo, o fundador da instituição surgiu no aumento de capital de Dezembro de 2000 a comprar 29 milhões de títulos a um euro cada. Sem um montante tão elevado para investir, optou por vender os activos que tinha em carteira à Emka por um preço de 2,10 euros (o dobro do que gastou) e foi ainda buscar a receita que a sociedade Invesco fez na venda de acções a particulares, em Outubro desse ano, num valor próximo dos 9,5 milhões de euros. E, apesar de ainda não deter formalmente os 29 milhões de acções, mandou vender à Zemio um lote de 7,25 milhões de acções pelo preço de 2,20 euros cada.»


Texto e imagem de Duarte Lima in CM online, 12-4-2011

 


- Cavaco Silva,  "o padrinho político" de Duarte Lima, Oliveira e Costa, Dias Loureiro, etc... -


Imagem de Cavaco in Google
Legenda da imagem de Cavaco e título do post de Zorate

Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.