Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

segunda-feira, 25 de abril de 2011

O “Negócio em família" da AMI - Assistência Médica Internacional



«Portugal está cada vez mais bem entregue. Senão vejamos: AMI, um negócio em família... O organograma da Fundação AMI - Assistência Médica Internacional - cujo presidente é Fernando Nobre, é elucidativo. Os dirigentes dos órgãos da fundação são quase todos da mesma família.

Na direcção, em sete elementos, cinco são do mesmo clã. As duas directoras adjuntas são familiares do candidato presidencial: Leonor Nobre é irmã e Luísa Nemésio é a mulher de Fernando Nobre. O Conselho Fiscal é controlado pelo cunhado - sim, o marido da irmã, Leonor Nobre!

A AMI recebeu ao longo dos anos avultados apoios, quer do Estado, quer da União Europeia. As contas desta fundação não são conhecidas dos portugueses. O candidato presidencial, que fala tanto em transparência, quanto recebe como presidente da AMI? Qual é o seu património e o rendimento declarado? Os Centros Porta Amiga estão encerrados durante os fins-de-semana e os feriados; os sem-abrigo não podem comer e tomar banho durante estes dias?

CRÍTICA

Os portugueses têm o dever e o direito de serem informados sobre as ideias de um candidato a presidente da Assembleia da República, que já apoiou Miguel Portas (BE), Mário Soares (PS), Durão Barroso (PSD), António Capucho (PSD), a causa monárquica e agora o Passos Coelho (PSD)!»


Texto de Filomena Pinto da Costa, in CM online, 24-4-2011
Imagem in Google


Sem comentários:

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.