Destas mãos que falam, saem gritos d'alma, gemidos de dor, às vezes, letras com amor, pedaços da vida, por vezes sofrida, d'um iletrado escritor. Saem inquietações, também provocações, com sabor, a laranjas ou limões. Destas mãos que falam, saem letras perdidas, revoltas não contidas, contra opressões, das nossas vidas! (AJoão)

terça-feira, 19 de abril de 2011

Portugal Falido continua a ser uma Colónia de Férias para os Encostados Públicos (post actualizado)


Tolerância de ponto na tarde de 5ª feira santa para funcionários públicos

«O Governo decidiu conceder tolerância de ponto na tarde de quinta-feira santa aos trabalhadores que exerçam funções não essenciais nos serviços da administração central e dos institutos públicos.





A informação oficial foi avançada à agência Lusa pelo Gabinete de Imprensa da Presidência do Conselho de Ministros.

"O Governo decidiu conceder, como é habitual, tolerância de ponto nos serviços não essenciais aos trabalhadores que exerçam funções públicas na administração central e nos institutos públicos no período da tarde de quinta-feira santa, dia 21 de Abril", refere o mesmo gabinete da Presidência do Conselho de Ministros.»

 
Texto in CM online, 19-4-2011
Imagem in Google

 
Notas do Zorate:
Portugal vai estar encerrado 5 dias!
Quinta-feira: tolerância de ponto, no período da tarde. De manhã a maioria dos Encostados Públicos vai fazer alguma coisa?
Sexta-feira: feriado nacional (sexta-feira santa). Para a maioria dos Encostados Públicos há algum dia que não seja santo?
Sábado: descanso complementar
Domingo: descanso semanal
Segunda-feira: feriado nacional, Dia da Liberdade. Para a maioria dos Encostados Públicos, há algum dia no ano que não seja de liberdade?

Crise?

Qual crise?

A república das Bananas vai nua, caralho!

2 comentários:

fernando costa disse...

Não poderia estar mais de acordo, visto o governo (demissionário mas aínda em função), tem de tomar fortes medidas de austeridade para combater o deficite.

Eu no meu caso, estou desempregado há um (1) ano, sem subs. desemprego e a passar fome, em risco de ser mais um a engrossar a longa lista de moradores de RUA!

Será que este ou outro qualquer governos irão algum dia olhar pelos menos favorecidos?

É que no nosso país existem dois tipos de cidadãos: 1)- Os políticos (funcionários públicos), com suas reformas próximo dos cem por cento (100%);

2)- E os toinínhos como eu, que são honestos e pagam para encher o C...ú a todos esses gulosos .

Nem quero imaginar como será a minha velhice. Ou imigrar, ou na miséria, ou o suicídio...

Parecem palavras duras?
Exprimentem passar fome, para ver o bom que é!

Terem de vender o carro para não serem despejados da casa...

Passar férias à janela, com vista para bairros sociais...

Fora com esse e todos os governos corruptos e aldrabões...

E o povo ao poder... o povo a ser mais participativo e responsável.

Abraco a todos!

F.C.

Anónimo disse...

Pois eu acho que o problema é mesmo esse, o povo fala fala mas depois não participa nem fala nos sitios certos.O povo tem de ser mais participavo,responsável e mais exigente-cada vez se paga mais e recebe-se menos serviços porque o que se paga é para cobrir as contas exageradas que esses gajos da politica nos enfrascaram. Muita coisa podia ser diferente se as contas fossem feitas de maneira eficaz e sem ultrapassar limites ah e já agora que as "obras" que fizeram fossem eficazes e activas, pelo dinheiro que gastaram, mas não, muitas já depois de inauguradas até estão fechadas ou nem chegaram a abrir,muitas ainda estão por acabar e outras "novas" apresentam materiais já a pedir restauro ou substituição...então que esbanjamento de dinheiro é esse?
Muitos continuam de olhos fechados...acho que está na altura de um valente despertar!

A todos os Fernandos espero que a vida lhes corra melhor!

Contador, desde 2008:

Localizador, desde 2010:

Acerca de mim

A minha foto
"Horta do Zorate" é um blogue pessoal, editado por Alberto João (Catujaleno), cidadão do mundo, fazedor desencostado, em auto-construção há 59 anos.